ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Motorista que viu namorada morrer está preso por crime doloso

Jovem de 24 anos, segundo o auto de prisão, estava em alta velocidade, havia bebido e desrespeitou pare

Por Marta Ferreira | 12/07/2020 13:07
Equipes de socorro no local do acidente que matou Bárbara. (Foto: Direto das Ruas)
Equipes de socorro no local do acidente que matou Bárbara. (Foto: Direto das Ruas)

Quatro garrafas de cerveja de 600 ml dentro do veículo e mais uma fora. Foi a que Polícia Militar encontrou nesta madrugada no cenário do acidente de trânsito responsável pela morte da estudante Bárbara Wsttany Amorim Moreira, de 21 anos, ocorrido na noite deste sábado, no Bairro Cabreúva, em Campo Grande.

O namorado dela, o também estudante Ricardo França, 24 anos, está preso por homicídio doloso. Além dos sinais de embriaguez constatados, ele desrespeitou a sinalização, segundo o registro policial, pois não obedeceu um sinal de pare no cruzamento da 11 de outubro com a Santos Dumont.

O estudante Ricardo França Junior está sob escolta na Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Reprodução das redes sociais)
O estudante Ricardo França Junior está sob escolta na Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Reprodução das redes sociais)

Ferido na capotagem do Peugeout 207 que dirigia, Ricardo está na Santa Casa de Campo Grande, sob escolta. Ele está na chamada área verde, onde ficam pacientes sem gravidade.

"Houve dolo" - Para o delegado de Polícia Civil Antônio Ribas, responsável pelo caso, as circunstâncias do acidente automobilístico indicam crime com dolo eventual. A autoridade policial entendeu que, ao beber antes de pegar o volante, ao passar reto no pare e abusar da velocidade, Ricardo assumiu o risco de acontecer uma tragédia.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

“Analisando a situação fática, tenho que não é possível capitular o delito praticado pelo suspeito como crime de homicídio culposo do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), já que ao conduzir veículo automotor em estado de embriaguez alcoólica, em alta velocidade, desrespeitando sinal de pare da via que atravessou, assumiu o risco de causar o resultado da morte da vítima, ou seja, agiu com dolo eventual, caracterizando portanto, o crime de homicídio doloso”, anotou o delegado no auto de prisão comunicado à justiça.

A Santa Casa não informou se existe previsão de alta para o motorista. Amanhã, ele vai passar pela audiência de custódia, em que o juiz decide se a prisão cumpre os requisitos legais e se o flagrante será mantido.

De acordo com o advogado João Ricardo Batista de Oliveira, que representa o motorista, Ricardo está bem e não corre risco de morte. O profissional de Direito não adiantou a linha de defesa do rapaz. A reportagem tentou falar com a família dele, sêm êxito.

Acidente fatal - Bárbara Wsttany Amorim Moreira, 21 anos, foi arremessada para fora do veículo. O acidente ocorreu na noite de ontem (11) na Rua 11 de Outubro, no bairro Cabreúva, em Campo Grande.

Vídeo obtido pelo Campo Grande News mostra o momento em que casal seguia em veículo Pegeout 207 pela Rua 11 de Outubro, quando motorista perdeu o controle da direção logo após passar por cruzamento.

Bárbara, que era passageira foi arremessada para fora do veículo. O Peugeot chegou a capotar e atingiu o muro de uma casa.

Ricardo sofreu ferimentos leves e foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).  O Corpo de Bombeiros também enviaram equipes ao local.

Não foi possível fazer teste de alcoolemia, mas os sinais de embriaguez eram evidentes, conforme as informações policiais. Ricardo não foi ouvido pela autoridade policial por estar desacordado.

(Matéria editada às 16h36 para acréscimo de informação)