A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/02/2015 16:49

MPE cobra que hospitais cumpram lei para internação involuntária

Aline dos Santos

O MPE (Ministério Público Estadual) publicou recomendação para que a Santa Casa, HR (Hospital Regional) Rosa Pedrossian, Hospital Nosso Lar e Clínica Carandá, todos de Campo Grande, cumpram a Lei Federal 10.216/2001 e comuniquem sobre as internações involuntárias de pacientes psiquiátricos. O prazo é de 72 horas. As altas também deverão ser informadas ao Ministério Público.

De acordo com a recomendação, publicada no diário oficial de segunda-feira, já disponível na internet, o descumprimento resultará em medida judicial. Segundo o documento, assinado pela promotora Daniela Cristina Guiotti, a medida em é razão de ocorrência de internações involuntárias em hospitais e clínicas psiquiátricas sem comunicação ao Ministério Público Estadual.

A internação involuntária é aquela que se dá sem o consentimento da pessoa e a pedido de terceiro. O MPE deve ser informado para evitar que essa modalidade de internação seja utilizada para cárcere privado.

Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...
Prefeitura e Sebrae fazem estudo em lojas para revitalizar rua 14 de Julho
A prefeitura de Campo Grande a o Sebrae de Mato Grosso do Sul estão realizando na rua 14 de Julho, Centro da cidade, um estudo técnico em 230 lojas, ...
Mau atendimento e buracos em pista atrapalham alunos em prova do Detran
O mau atendimento prestado por alguns dos examinadores e buracos presentes na pista de provas do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions