A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/07/2015 17:40

MPE e voluntários fazem serviço social para ajudar moradores de rua

Ricardo Campos Jr. e Leonardo Rocha
Moradores de rua tiveram uma série de ações a disposição, desde saúde, carteira de identidade, até corte de cabelo (Foto: Vanessa Tamires)Moradores de rua tiveram uma série de ações a disposição, desde saúde, carteira de identidade, até corte de cabelo (Foto: Vanessa Tamires)
Marinete Rodrigues disse que ação ajuda principalmente na área da saúde (Foto: Vanessa Tamires)Marinete Rodrigues disse que ação ajuda principalmente na área da saúde (Foto: Vanessa Tamires)

Ação social encabeçada pelo MPE (Ministério Público Estadual) reuniu 80 voluntários para ajudar moradores de rua em um terreno baldio na Vila Progresso. A área é alvo constante de reclamações dos moradores e pelo menos seis procedimentos já foram abertos na Promotoria de Direitos Humanos denunciando o problema.

Localizada na rua Oclécio Barbosa Martins, pelo menos 150 pessoas se aglomeram no local. Alguns sequer têm condições para construir barracos e dormem em lençóis espalhados pelo chão. Vizinhos afirmam que há consumo descontrolado de drogas e álcool. Os entorpecentes freqüentemente motivam confusões e brigas entre os andarilhos.

Foram distribuídos lanches e agasalhos. Também houve cortes de cabelo gratuitos, emissão de documentos, exames médicos, testes para HIV e outras doenças e cadastro para aqueles que desejam ser atendidos pelos CAPS (Centros de Apoio Psico-Sociais).

Além do MPE, também participaram Funsat (Fundação Social do Trabalho de Campo Grande), Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul), Rotary Clube, PM (Polícia Militar), Conselhos Municipais de Segurança e outros voluntários.

“Quem deve tomar as ações a médio e longo prazo é a prefeitura. Estamos fazendo apenas uma ação social”, pontua a promotora Jaceguara Passos, organizadora do mutirão. Segundo ela, há intenção de que seja repetido o atendimento a cada três meses.

O conselheiro de segurança da área central Adelaido Luiz Vila ressalta que não basta ações repreensivas. “Só contenção não adianta”, explica.

Jaceguara coordenou as ações para ajudar moradores de rua (Foto: Vanessa Tamires)Jaceguara coordenou as ações para ajudar moradores de rua (Foto: Vanessa Tamires)

A cabeleireira Vera Fernandes, 50 anos, mora na região desde criança. “Há mais ou menos uns cinco anos eles [moradores de rua] estão aí. Quando a polícia vem, eles vão embora, mas voltam depois”, relata.

Apesar de provocarem uma sensação de insegurança, segundo ela, os transeuntes não têm invadido as residências dos vizinhos. “Legal essa ação social, mas nós queríamos uma coisa mais efetiva. Levá-los para tratamento. Não queremos violência contra eles, queremos que eles sejam tratados”, pontua.

O presidente do bairro, Valtemir Leal PFL, 62 anos, afirma que a situação poderia melhorar se houvesse melhoria na iluminação pública e limpeza de alguns ferros-velhos abandonados que têm sido usados como pontos de venda de droga. “Se limpar tudo isso, já inibe”, opina.

Em terreno baldio moradores de rua ficam em situação precária, com uso de drogas a noite toda (Foto: Vanessa Tamires)Em terreno baldio moradores de rua ficam em situação precária, com uso de drogas a noite toda (Foto: Vanessa Tamires)
Ação do MPE realiza serviços a moradores de rua na Vila Progresso
O MPE (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul), através da 67ª Promotoria de Justiça de Direitos Humanos, realiza nesta segunda-feira (6)...
Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions