A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/10/2012 16:57

Mulher fica gravemente ferida ao cortar pescoço com cerol no Aero Rancho

Paula Maciulevicius e Francisco Júnior
Linha que cortou pescoço da motociclista ficou no local (Foto: Rodrigo Pazinato)Linha que cortou pescoço da motociclista ficou no local (Foto: Rodrigo Pazinato)

Uma motociclista ficou gravemente ferida ao cortar o pescoço com linha de cerol na tarde deste sábado, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande.

Kátia Lucinéia da Silva, 35 anos, conduzia uma Honda Titan chumbo pela avenida Norte-Sul, sentido bairro Aero Rancho. De acordo com os bombeiros o corte foi profundo e ela foi encaminhada ao Hospital Regional.

Anderson Ferreira da Silva, morador da região, contou que ouviu de casa alguém gritando por socorro e quando saiu na rua, viu a mulher ferida. “Era muito sangue mesmo, ela falava e espirrava sangue”.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


Até qdo isso vai ficar ja que não da para saber de quem é porque não proibir soltar pipa dentro da cidade, ja que nada e feito fçam isso proibam que essas coisas sejam solta dentro da cidade.
 
silvia mota em 06/10/2012 23:58:31
População paga todos os impostos que lhe são "impostos" sem ter seus direitos garantidos,enquanto infratores da lei permanecem impunes como se nada tivesse acontecido.
 
Aurelio Gamarra em 06/10/2012 21:03:04
olha eu nao sei até quando vai isso, eu acho que as autoridades tao passando demais a mao na cabecinha desses menininhos ( marmanjos atoa) .
 
natal araujo em 06/10/2012 20:31:18
Isso começa com a responsabilidade dos pais que tem que saber onde está o seu filho e que quando se dá dinheiro para o mesmo comprar a linha e pipa,se informar onde será empinada a pipa e proibindo o mesmo de colocar cerol na linha informando para o mesmo do perigo que isso pode ocasionar as pessoas.Nos parques da cidade que no qual esta o guarda municipal fazer a fiscalização sobre a soltura das pipas sem cerol.Somos todos responsaveis por denunciar o cerol nas pipas ligando 190.acionando a pm,sem precisar se confrontar com os menores
 
luiz carlos santos messias em 06/10/2012 19:06:05
Enquanto não começar a prender esses trombadinhas que soltam pipa/pandorga/papagaio com esse tipo de linha, vamos ter isso acontecendo. Mas no Brasil muleque não é bandido né? É menor infrator. Os que morrem são mortos, mas os menores não são assassinos, são infratores.
Hipocrisia Mode-On nesse país.
 
André Péricles em 06/10/2012 18:36:23
Até quando? O tempo não é mais o mesmo, todos já perceberam. Antes havia uma estação de pipas, quando os ventos eram mais constantes, geralmente em Agosto, e a rapaziada, (crianças, jovens e adultos) todos íamos para os terrenos baldios e grandes áreas desocupadas, para os campo de futebol nos bairros, e sempre havia alguém mais velho orientando. Não haviam tantos motociclistas, nem tantas crianças sem tutela nas ruas, principalmente próximas de grandes avenidas, mas também não tínhamos tantas praças nem tantas viaturas patrulhando os bairros. Com isso, logo imagino que além de tirar essas armas das ruas, e das mãos das crianças faríamos melhor uso das nossas praças e do combustível gasto pelos nossos policiais. Ah! E, o pai e a mãe que não sabe que seu filho usa CEROL é maior culpado!!
 
Anderson Nobre em 06/10/2012 18:07:56
Até quando isso vai continuar????? cade as autoridades p/ responsabilizar,os responsáveis. Isso tem que ter fim....
 
luzia katia gonçalves em 06/10/2012 17:59:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions