A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/05/2011 08:48

Mutirão Carcerário solta acusados por roubo à casa de Nelsinho

Aline dos Santos
Sete pessoas foram presas por assalto a prefeito em 2009. (Foto: João Garrigó)Sete pessoas foram presas por assalto a prefeito em 2009. (Foto: João Garrigó)

Os acusados pelo roubo à casa do prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), foram soltos durante o Mutirão Carcerário.

De acordo com decisão do juiz Fernando Chemin Cury, Silvio Cesar Gonçalves Dutra, Marcos Ferreira de Carvalho, Paulo Henrique da Silva e Anderson Ferreira dos Santos já estão preso há quase dois anos e não há previsão de julgamento.

A fase de audiências já foi finalizada, mas o juiz titular da 3ª Vara Criminal, onde corre o processo, teve a aposentadoria deferida no último dia 11.

O assalto à casa de Nelsinho Trad aconteceu no dia 5 de maio de 2009. Ao todo, sete pessoas foram presas. Apontado como mandante do crime, o empresário Moacir dos Santos Zanúncio foi preso em maio de 2009 e solto em agosto do ano passado.

Outro envolvido, Deivison Silva Trajano conseguiu a liberdade ainda em 2009. Já o processo do acusado Marcos Roberto Marques está suspenso.

Na decisão, o magistrado aponta a gravidade do crime, praticado com emprego de grave ameaça e arma de fogo, mas justifica que as garantias constitucionais conferidas a todo cidadãose sobrepõem às qualidades morais das vítimas e ao clamor público.

“Nesse cenário, cumpre ao Poder Judiciário, por seus integrantes, deixar de lado oefeito midiático de episódios como esse e exercer, com fidelidade, o papel de tutor das garantias fundamentais de todo o cidadão”, afirma o magistrado.

Caso - Presos, os réus alegaram não saber que o alvo do assalto era a casa do prefeito. Nelsinho foi surpreendido por quatro homens, que o mantiveram refém por cerca de 10 minutos.

Uma semana antes, o filho do prefeito foi vítima de uma tentativa de roubo, também na porta da residência. De acordo com a acusação, os casos estão relacionados.

Réu confesso, Silvio Cezar Gonçalves Dutra conta que a proposta inicial era para assaltar a casa de um fiscal de renda e só depois soube que se tratava da casa do prefeito da Capital.

Solta e prende – Envolvido no roubo ao filho do prefeito, Deivison Silva Trajano já foi preso outras duas vezes desde obter a liberdade em 2009. Em outubro do ano passado, ele foi preso por porte ilegal de arma. Em janeiro deste ano, ele foi preso por roubo à lotérica São Francisco. Ele também foi acusado de envolvimento no assassinato de Emerson Borges Gonçalves, ocorrido em 3 de dezembro de 2010, na região da Vila Margarida.

Rapaz que roubou filho do prefeito participou de homicídio na Vila Margarida
O jovem Deivison Silva Trajano, de 20 anos, é acusado de ter participado do assassinato de Emerson Borges Gonçalves, no dia 3 de dezembro do ano pass...
Garras divulga prisão de dupla que assaltou lotérica no São Francisco
A dupla que assaltou a Lotérica São Francisco, em Campo Grande, na última segunda-feira já está presa. De acordo com o Garras (Grupo Armado de Repres...
Juiz manda soltar mandante de assalto à casa de Nelsinho
Apontado como o mandante do assalto à casa do prefeito Nelsinho Trad (PMDB), o empresário Moacir dos Santos Zanúncio conseguiu a liberdade ontem. Ele...
Réus não sabiam que alvo de assalto era casa do prefeito
Em depoimento prestado nesta tarde na 3ª Vara Criminal do Fórum de Campo Grande, réus alegaram não saber que o alvo do assalto praticado no dia 5 de ...


É uma vergonha para o judiciário que todos esses ladrões armados estejam soltos em nosso convívio, fico estarrecido pelos cometários escritos em relação ao caso , pois não estamos falando de uma pessoa pública, mas sim de pessoas do bem que estavam em sua residência e foram abordadas por bandidos. Que DEUS nos guarde dessa violência.
 
Carlos Magno Miranda em 25/05/2011 12:53:13
Isso é verdade mesmo ? pensei que era piada. Quer dizer que um Juiz se aposenta, os processos que ele estava trabalhando, com ritmo quase parando, para de vez. É uma vergonha.
 
jose antonio em 25/05/2011 10:48:47
É menos mal saber que até na injustiça, a justiça é justa. Se os ladrões que assaltaram a casa do seu "Mané" foram soltos por falta de julgamento em tempo hábil, os que assaltaram a casa do Sr Prefeito, também o foram.
 
Valter Antunes Oliveira em 25/05/2011 10:35:14
Que maravilha!!!
Ta vendo como compensa!
Agora é só planejar mais um roubinho e ir levando a vidinha mais ou menos do crime...
Afinal de contas...ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão!
 
adeilton gomes em 25/05/2011 10:30:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions