ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 13º

Capital

Nos principais hospitais da Capital, mais de 63% dos internados são por covid

Há nove dias, mais de 60% das internações são em decorrência do coronavírus

Por Guilherme Correia | 30/03/2021 16:20
Paciente internado com covid-19 no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, considerado referência em relação ao coronavírus (Foto: Saul Schramm/Governo estadual)
Paciente internado com covid-19 no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, considerado referência em relação ao coronavírus (Foto: Saul Schramm/Governo estadual)

Números indicam que maior parte dos internados em hospitais de Campo Grande são vítimas da covid-19. Há nove dias, o índice de presença de coronavírus em meio a pacientes ocupando leitos de terapia intensiva tem ultrapassado 60%.

Conforme levantamento feito pelo Campo Grande News, que considerou disponibilidade de UTI's (Unidades de Terapia Intensiva) nas principais instituições de saúde, públicas ou privadas, as médias verificadas no último sábado e domingo foram as maiores em todo o período da pandemia.

A média móvel nesses dois dias foi de 63,3% dos leitos de UTI destinados apenas aos pacientes com covid-19.

A reportagem verificou dados divulgados pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), por meio do painel Mais Saúde, e comparou o total de "leitos de UTI/covid ocupados" em relação ao total de "leitos de UTI ocupados", como forma de descobrir quantas pessoas, em meio aos hospitalizados, eram apenas de covid-19.

Em cada hospital - Apenas em relação aos hospitais que têm pacientes com SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) - que é conjunto de sintomas causados por várias doenças, sendo a covid a principal delas - o HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) possui cerca de 91% dos seus pacientes, em UTI's, internados pelo vírus.

Na sequência vem a Unimed, que conforme esses dados, aparece com média de 86% de seus pacientes sendo apenas os de coronavírus. Cerca de 79% dos internados no Hospital da Cassems são de covid-19, enquanto o Hospital Adventista do Pênfigo possui 64% nesse índice.

Por fim, outras instituições aparecem com números menos expressivos nesse quesito - a Clínica Campo Grande tem 26% de suas vagas ocupadas por infectados pela virose, enquanto o Hospital Geral El Kadri possui 16%.

A Santa Casa de Campo Grande detém 32%, já metade (50%) dos pacientes no Proncor estão em leitos de covid-19.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário