ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  10    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Novo drive-thru da covid vai funcionar à noite, na Escola Lúcia Martins Coelho

Secretaria Estadual de Saúde prevê a realização de 400 testes por dia, entre às 18h30 e 23h30, mediante agendamento

Por Maressa Mendonça | 07/07/2020 18:08
Fachada da Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, novo ponto de testagem da covid-19 (Foto: Kisie Ainoã)
Fachada da Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, novo ponto de testagem da covid-19 (Foto: Kisie Ainoã)

Na próxima sexta-feira (10), a Secretaria Estadual de Saúde deve inaugurar um novo drive-thru do coronavírus em Campo Grande, com capacidade para 400 testagens diárias. O ponto de coleta vai funcionar em um dos pontos mais tradicionais da cidade, na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, no Jardim dos Estados.. Hoje, a fila de espera para o exame é para atendimento em agosto.

O novo drive-thru do coronavírus ficará aberto apenas no período noturno e só atenderá mediante agendamentos, assim como ocorre no ponto de testagem montado no Batalhão Central do Corpo de Bombeiros.

Conforme a Secretaria, a ideia é realizar 400 testes rápidos diariamente no período das 18h30 até às 23h30. A coleta será feita apenas em quem realizou agendamento anterior pelo telefone (67) 3311-6262.

Diferente do sistema adotado no Batalhão do Corpo de Bombeiros, neste segundo ponto de testagem não vai ocorrer o drive-thru.

Para realizar os testes, os pacientes agendados terão de descer dos veículos e entrar em uma das duas salas de testagem. Profissionais da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) serão responsáveis pela coleta do material.

O teste rápido é feito com uma pequena amostra de sangue do paciente, a partir do 7º dia do início dos sintomas e analisa a produção de anticorpos do indivíduo. O equipamento utilizado é semelhante ao para confirmar gravidez. O resultado fica pronto em 15 minutos.

Dados da Secretaria apontam que o Estado testa por semana: 290 pessoas em Corumbá; 240 em Três Lagoas; 2 mil em Dourados e mais 1.996 em Campo Grande.

A ação é  resultado de uma parceria entre as secretarias Estadual e Municipal de Saúde, de Educação, Corpo de Bombeiros e Sesau.