A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

28/12/2018 10:38

Operação da PRF inicia recolhendo veículos irregulares já na primeira hora

Neste fim de ano serão 9 delegacias e 22 unidades operacionais da PRF atuando no Estado

Gabriel Neris e Mirian Machado
Carro com documentação irregular foi guinchado no início de fiscalização (Foto: Henrique Kawaminami)Carro com documentação irregular foi guinchado no início de fiscalização (Foto: Henrique Kawaminami)

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) deu início à operação de ano novo, que tem o objetivo de intensificar a fiscalização e diminuir o número de infrações, mas nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (28) já recolheu os primeiros veículos que estavam com documentação irregular na BR-163, saída para Cuiabá.

Segundo a inspetora Manuella Reis, o recesso de ano novo é mais propenso a acidentes e infrações em comparação com o Natal, que registrou 17 prisões por embriaguez. Neste fim de ano serão 9 delegacias e 22 unidades operacionais da PRF atuando no Estado.

Ela afirma que a velocidade acima do permitido, embriaguez e ultrapassagem proibida são as principais infrações nas rodovias. “Sendo a ultrapassagem malsucedida a causadora de mais acidentes, 90% são em faixas contínuas”, alerta a inspetora. Ela orienta que em caso de dúvida os motoristas não ultrapassem o veículo à frente, diminua a velocidade e tente novamente depois.

A PRF escolheu o km 481 da BR-163 para iniciar a fiscalização nesta sexta porque o trecho reúne condutores que estão em rodovias e também os que se deslocam para trechos urbanos. A orientação da inspetora é de que os condutores tenham calma nas rodovias. Segundo ela, há muita ansiedade principalmente daqueles que pretendem chegar logo no destino para passar o recesso de ano novo.

Ítalo Ribeiro de Freitas, de 31 anos, dirigia um VW Voyage e foi pego na fiscalização. Ele disse que o carro é do irmão e o levaria para o serviço quando voltava para casa no Nova Bahia. O licenciamento do carro está atrasado e a habilitação do rapaz vencida há três meses. O rapaz contou que já recebeu oito multas por infrações no trânsito.

O entregador Gildo Balbino da Silva, de 52 anos, conta que a motocicleta é o ponto de trabalho dele. Ele entrega peças de caminhões e utiliza a rodovia a todo instante. “Já estou acostumado [com a fiscalização]”, disse.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions