A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

07/06/2019 10:03

Pai de santo suspeito de estupro diz que crime foi inventado por mãe das vítimas

Inquérito já foi encerrado e pai de santo responde por estupro de irmãos em liberdade

Kerolyn Araújo e Mirian Machado
Crime foi investigado pela DEPCA. (Foto: André Bittar/Arquivo Campo Grande News)Crime foi investigado pela DEPCA. (Foto: André Bittar/Arquivo Campo Grande News)

O pai de santo de 39 anos, suspeito de ter abusado sexualmente de dois irmãos no bairro Dom Antônio Barbosa, em Campo Grande, disse à polícia que o crime foi inventado pela mãe das vítimas na tentativa de quitar uma dívida. O inquérito policial já foi encerrado e o homem responde em liberdade.

Segundo a delegada Franciele Candotti Santana, da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), o inquérito do crime, denunciado à polícia em abril, já foi encerrado e encaminhado ao Judiciário. Indiciado por estupro de vulnerável, o pai de santo nega os crimes.

À polícia, o suspeito revelou que a mãe dos meninos, de 13 e 14 anos, tinha uma dívida com ele. Para tentar se livrar do débito, a mulher teria inventado o crime. Porém, conforme a delegada, os depoimentos das vítimas foram ricos em detalhes e os estupros comprovados por exames.

De acordo com Franciele, o pai de santo era orientador espiritual da família e usava da crença e confiança dos meninos para cometer os abusos.

O caso - A mãe dos adolescentes, de 33 anos, denunciou o caso à polícia no dia 10 de abril. Ela contou que desconfiou da situação após descobrir que o suspeito havia traído o marido com um filho de santo e decidiu perguntar aos adolescentes se ele já havia tentado de alguma maneira se aproximar deles de forma sexual.

Depois de pressionados, os meninos acabaram revelando que sofriam abusos há pelo menos 1 ano. Eles ocorriam no terreiro de umbanda.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions