A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

13/09/2014 16:23

Para festejar dia, motociclistas reúnem bandas de rock e fazem boa ação

Lidiane Kober e Michel Faustino
Leonardo trocará de triciclo e dará o antigo ao filho para ganhar um companheiro de viagem (Foto: Marcos Ermínio)Leonardo trocará de triciclo e dará o antigo ao filho para ganhar um companheiro de viagem (Foto: Marcos Ermínio)

Para festejar o Dia Internacional dos Motociclistas, representantes de moto clubes de Mato Grosso do Sul promovem, neste sábado (13), shows com seis bandas de rock e aproveitam para fazer boa ação. O ingresso é um quilo de alimento não perecível, que será doado a duas entidades assistenciais de Campo Grande.

A concentração, na Chácara do Piloto, próximo ao Bairro Rita Vieira, começou às 11h e, a partir das 19h, iniciam as apresentações musicais. Três bandas de cover vão fazer tributo a Raul Seixas, Nirvana e Ramones. Rivers, Eco Drive e Jennys Banda completam a noite de rock´n roll.

O evento, segundo uma das organizadoras, identificada como Gi Rivers, é em alusão ao Dia Internacional dos Motociclistas, comemorado dia 27 de junho.

“Neste ano, não contamos com a ajuda da prefeitura para realizar o evento, então, decidimos se reunir hoje para não deixar passar a data em branco”, comentou para explicar o atraso do festejo.

Em 2013, conforme Gi, 3 mil pessoas foram à festa. “Esta ano, por conta da falta de recursos para divulgar, a expectativa é reunir menos pessoas”, lamentou.

Para entrar no evento, basta apresentar um quilo de alimentos não perecível. O material será doado à entidade que atende crianças com HIV e ao Instituto Cotolengo.

“Foram convidados diversos moto clubes da cidade e do Estado, de Campo Grande, seis confirmaram presença”, destacou a organizadora.

Apaixonado por motocicletas desde os 18 anos, o empresário Leonardo Clemente Morais, 45 anos, está entre os 300 motociclistas que estão, neste momento, concentrados na chácara.

“É uma paixão, viajo por todo o país com o moto clube  Mortors Vivos”, contou. Aos 18 anos, ele comprou a primeira moto, um ano depois, sofreu acidente e ficou 10 anos sem pilotar.

Depois, não resistiu e adquiriu um triciclo. Agora, ele encomendou outro e planeja dar o antigo de presente ao filho no aniversário de 18 anos. “Vou ganhar um companheiro”, comemorou.

Motociclistas se concentram na Chácara do Piloto (Foto: Marcos Ermínio)Motociclistas se concentram na Chácara do Piloto (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions