ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEXTA  17    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Para fugir de cárcere, mulher jogou álcool e ateou fogo em namorado

O homem foi preso em flagrante e está sob escolta policial na Santa Casa

Viviane Oliveira e Mariely Barros | 10/10/2022 10:20
Corpo de Bombeiros socorreram a vítima para uma unidade de saúde (Foto: Karine Alencar) 
Corpo de Bombeiros socorreram a vítima para uma unidade de saúde (Foto: Karine Alencar)

A mulher, de 20 anos, que teve um cômodo da casa incendiado ateou fogo no corpo do namorado, de 40 anos, para fugir de cárcere privado. O caso aconteceu na manhã de ontem (9), no Bairro Lageado, em Campo Grande. Ele foi preso em flagrante e está sob escolta policial na Santa Casa. A vítima também precisou de atendimento médico, mas já recebeu alta.

Conforme boletim de ocorrência registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), os dois se relacionavam há 2 semanas. No sábado à tarde, o homem passou a discutir com a vítima por causa de ciúmes. Enquanto a jovem foi tomar banho após chegar do trabalho, ele aproveitou para trancar a casa e, na sequência, passou a ameaçá-la de morte.

Ainda de acordo com registro policial, durante a noite e a madrugada a vítima foi torturada pelo namorado e chegou a ter a perna furada com uma faca utilizada pelo agressor. Ele tomou o aparelho celular da mulher e dizia que se alguém aparecesse iria matar. Durante todo o tempo, conforme depoimento da jovem à polícia, o namorado fumava maconha e tomava cerveja.

Quando amanheceu, no domingo, o homem ficou mais agressivo. Para escapar da situação, a mulher pegou um galão de álcool e disse que iria atear fogo no próprio corpo. Mas como ele estava fumando, ela aproveitou e jogou o líquido nele. Mesmo com o corpo em chamas, ele ainda correu atrás da mulher e tentou abraçá-la afirmando: "você vai morrer junto comigo".

Ela conseguiu se desvencilhar e fugiu pulando a janela da cozinha. O cômodo pegou fogo e os bombeiros foram acionados. O homem foi socorrido por terceiros a uma unidade de saúde da região, mas foi transferido à Santa Casa em razão da gravidade dos ferimentos. A vítima também foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros.

Ontem, a equipe de reportagem esteve no local onde ocorreu o crime, mas a informação repassada era de que ele havia ateado fogo na sala. As chamas foram extinguidas pelos bombeiros antes que se espalhassem pelo imóvel.

Nos siga no Google Notícias