ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEXTA  19    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Para expansão de prédio, Afonso Pena perde mais um pedaço de verde

O engenheiro da obra disse para a reportagem que o corte foi feito com a autorização da Semadur

Por Ana Beatriz Rodrigues | 22/05/2024 16:43
Funcionário da obra fazendo a retirada das árvores (Foto: Paulo Francis)
Funcionário da obra fazendo a retirada das árvores (Foto: Paulo Francis)

Quem passou na tarde desta quarta-feira (22), em frente ao antigo prédio do Habibi’s deve ter reparado que o novo empreendimento fez o que quase sempre acontece no início de uma obra: cortou as árvores que ficavam na calçada. Desta vez, a cena chama mais atenção porque é outro pedaço verde retirado da Avenida Afonso Pena, na região central de Campo Grande.

O Campo Grande News, foi até o cruzamento após diversas mensagens que chegaram até a redação pelo canal Direto das Ruas.

No local, o engenheiro da obra, que não quis se identificar, disse para a reportagem que o corte foi feita com a autorização da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), mas não disse o motivo pelo qual solicitou a retirada das árvores.

Da espécie Sibipiruna, em certas épocas do ano elas dão pequenas flores amarelas. O tronco pode medir até 18 metros de altura. No caso das três, a reportagem observou que nenhuma estava causando rachaduras nas calçadas.

A assessoria da Semadur foi questionada sobre a legalidade do corte e confirmou a autorização. "As árvores localizadas no passeio público do imóvel particular, localizado na Avenida Afonso Pena esquina com a Rua Bahia, possuem autorização para a supressão. Uma vez que, após vistoria fiscal, realizada por Auditor Fiscal de Meio Ambiente, foi constatada a necessidade de supressão e assim, emitido parecer favorável". Porém, não explicou qual seria a tal "necessidade".

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias