ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 16º

Capital

Parceria da Cassems e governo vai oferecer 800 testes de covid gratuitos por dia

No momento, apenas pacientes do convênio com indicação médica conseguem realizar o exame no hospital

Por Gabriela Couto e Mirian Machado | 11/01/2022 11:49
Tenda com drive-thru que atende beneficiários da Cassems há três dias no hospital, em Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)
Tenda com drive-thru que atende beneficiários da Cassems há três dias no hospital, em Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)

De casa, o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, confirmou hoje que o drive-thru no estacionamento da sede da Cassems (Rua Antônio Maria Coelho, 6065), em Campo Grande, deve ser montado até quinta-feira (13).  "Vamos tentar deixar tudo pronto para fazer um teste na sexta-feira e no sábado (15), já estar funcionando. Queremos tentar colocar 800 testes por dia."

Os exames serão gratuitos e fazem parte da remessa de 80 mil testes rápidos adquiridos pelo governo do Estado e que começaram a ser distribuídos ontem (10) para todos os 79 municípios. O agendamento ainda não foi divulgado, mas deverá ser feito pelo site da pasta. Ainda são estudados novos pontos de testagem na Capital e reabertura de drive-thrus em Dourados, Corumbá e Três Lagoas.

Mais de 500 pacientes foram atendidos no local que terá drive-thru de graça para a população a partir de sábado. (Foto: Henrique Kawaminami)
Mais de 500 pacientes foram atendidos no local que terá drive-thru de graça para a população a partir de sábado. (Foto: Henrique Kawaminami)

Resende disse durante a coletiva do Prosseguir que o remédio contra a pandemia é testagem e vacina no braço. A meta é dar o máximo de testagem gratuita para a população, para rastrear o vírus, garantindo o isolamento dos infectados.

A alta procura para realizar o exame de confirmação de covid-19 tem refletido em filas quilométricas nos polos da Capital e também nas farmácias particulares. A demanda é tamanha que senhas ou agendamentos disponibilizados acabam em poucos minutos.

Quanto ao início da veiculação da campanha de propaganda do governo do Estado conscientizando a população da importância da vacinação, não houve uma resposta da Secretaria de Estado de Comunicação.

Atedimento para pacientes com sintomas no Hospital da Cassems é sinalizado para tenda montada no fundo da unidade. (Foto: Henrique Kawaminami)
Atedimento para pacientes com sintomas no Hospital da Cassems é sinalizado para tenda montada no fundo da unidade. (Foto: Henrique Kawaminami)

Cassems - Quem é beneficiário da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul) e está com sintomas gripais e de covid é atendido em uma tenda separada da entrada principal do hospital.

Quem procurou atendimento nesta terça-feira (11) foi o servidor público Davi Drumond, 55 anos. Ele estava com a esposa que apresentou sintomas da doença. "Ela está na triagem e vai passar pelo médico para ver se é covid mesmo. Ela tomou duas doses da vacina, mas está com tosse, dor de cabeça, no corpo e nos olhos. Está assim há quase uma semana, mas eu estou sem sintomas", conta.

Servidor público, Davi Drumond aguardava a esposa ser triada na tenda hoje pela manhã. (Foto: Henrique Kawaminami)
Servidor público, Davi Drumond aguardava a esposa ser triada na tenda hoje pela manhã. (Foto: Henrique Kawaminami)

Outro marido que também levou a esposa para atendimento médico foi o servidor público, Jeferson Pereira Benedito, 43 anos. "Ela já pegou covid no ano passado e já tomou duas doses, mas está com dor de cabeça e dor no estômago."

Já a contadora Valdirene da Silva, 51 anos, estava no local pelo segundo dia consecutivo. "Ontem, vim fazer o teste, mas estava muito cheio. Hoje cedo, testei em uma clínica particular e deu positivo. Agora, vim procurar atendimento médico para entrar com a medicação certa."

Nos três primeiros dias de funcionamento da tenda, a unidade recebeu 518 pacientes com sintomas respiratórios. A estrutura conta com 5 salas de atendimento e, ainda, um drive-thru para a realização de testes para covid-19 e influenza.

Atendimento específico para pacientes com sintomas é realizado em tendas, montadas atrás da entrada principal. (Foto: Henrique Kawaminami)
Atendimento específico para pacientes com sintomas é realizado em tendas, montadas atrás da entrada principal. (Foto: Henrique Kawaminami)

A testagem para os pacientes do convênio só é permitida com agendamento mediante pedido do médico. A assessoria de imprensa informou que apesar do aumento significativo da busca por atendimento, a maioria dos casos não precisa de internação. Por isso, a unidade não aumentou o número de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da covid.

O disque covid funciona das 8h às 18h, com seis profissionais. Ontem (10), em seu primeiro dia de funcionamento, atendeu 150 beneficiários para dirimir dúvidas sobre seu quadro clínico.

Nos siga no Google Notícias