A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

27/07/2015 20:23

Parceria entre secretarias quer promover segurança nas escolas municipais

Thiago de Souza
Termo de cooperação foi assinado na tarde desta segunda-feira (27). (Foto: Denilson Secreta)Termo de cooperação foi assinado na tarde desta segunda-feira (27). (Foto: Denilson Secreta)

A Semesp (Secretaria Municipal de Segurança Pública) e a Semed (Secretaria Municipal de Educação) firmaram um acordo para prosseguir com o Proeseg - Projeto Escola Seguro, que pretende integrar ações para promover segurança nas escolas municipais de Campo Grande. O termo foi assinado na tarde desta segunda-feira (27).

De acordo com a Prefeitura Municipal, a segurança das escolas é uma prioridade desta gestão e que, esse termo reforça o compromisso de ações e amplia o projeto de segurança para as escolas municipais.

O promotor da Vara da Infância e Juventude, Sérgio Harfouche, disse que a Capital se torna referência para as demais. “É notório que nossa capital se destaca nas ações de proteção dos direitos das crianças e adolescentes, por meio de projetos e ações efetivas de segurança e educação. Campo Grande é a primeira capital do país que terá reparação de danos no regimento escolar. O aluno tem de reparar a infração cometida, seja uma sujeira, algo que quebrou ou alguém a quem ofendeu”, destacou o promotor.

A ampliação das ações em escolas se dá com a atuação da Guarda Municipal. Está prevista a intensificação de rondas escolares, com foco maior nos horários de entrada e saída dos estudantes. Além disso, haverá presença permanente de um servidor da Guarda no período noturno.

A integração dos trabalhos como forma de obter excelência e efetividade nas ações, foi destacada pelo secretário municipal de Segurança Pública Valério Azambuja. “As secretarias atuam em sinergia, atendendo as prioridades desta gestão, de forma que isto promova o fortalecimento das ações da Prefeitura, visando minimizar as dificuldades do dia-a-dia”, ressalta o secretário.

Marcelo Monteiro Salomão, secretário municipal de Educação, acha que prover a segurança aos alunos e da comunidade escolar é fundamental para a promoção de uma educação de qualidade. "A assinatura desse termo significa segurança e estabilidade social. Poder selar essa parceria traz mais proteção e guarida a quem é nosso objetivo maior: o aluno, sempre”, afirma Salomão.

Entre outras ações do Projeto Escola Seguro, estão palestras com guardas municipais pós-graduados na área de Segurança Pública e Defesa Social para abordar temas relacionados ao consumo de drogas, violência e criminalidade nas escolas.

A fiscalização dentro dos terminais de transbordo e interiores dos coletivos também são alvos do programa. A ação entende também que, alunos em atitude suspeita ou fazendo uso de narquilé, drogas lícitas ou ilícitas, armas e artefatos que possam ser usados em atos de violência deverão ser abordados pelos guardas e encaminhados à diretoria das escolas, para devidas providências junto aos pais dos alunos.

Crianças ou adolescentes não matriculados em nenhuma escola ou em situação de risco deverão ser encaminhados para o Conselho Tutelar, correspondente à região da ocorrência.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions