A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

05/07/2018 15:32

Pela 9ª vez idosa é internada em UPA à espera de vaga em hospital

Diabética, a idosa está em estado grave e não consegue ser transferida. Família vai ingressar com mandado de segurança

Izabela Sanchez
Idosa está internada há 4 dias na UPA (Arquivo/Campo Grande News)Idosa está internada há 4 dias na UPA (Arquivo/Campo Grande News)

Uma idosa de 81 anos, identificada como Saustina Dias, está há 4 dias internada em estado grave na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino. Diabética, ela pode ter que amputar um dedo do pé, que está necrosado. Essa já é a 4ª vez que a idosa está internada em Unidade de Saúde, sem conseguir transferência para hospital. Desesperada, a família quer acionar a Justiça.

Quem explicou o caso foi a nora, Pamela Martins, 25. Segundo ela, a família já está com advogado e deve ingressar com mandado de segurança. “Hoje eu fui ver o estado dela. O dedo dela provavelmente vai ter que amputar, ela está na área vermelha. Conversei com a médica sobre o que estão fazendo porque já é a 9ª vez, porque mandavam tomar antibióticos e mandava pra casa. Ela é diabética, é idosa, ela está a base de morfina. Não tem vaga”, relatou.

Pamela questionou a equipe médica sobre diversos pontos, se a idosa está recebendo insulina ou outro tipo de medicação adequada. A revolta, contou, é porque a equipe não responde o que ela questiona. Hoje, quando foi ver a sofra, Pamela encontrou a idosa amarrada na cama.

“Gente ela é uma idosa, ao invés de dar calmante, eles amarram ela. Eu vi aquilo e falei: é uma negligência. O que estão prescrevendo de medicamento? Quem é o médico? Se ela morrer ninguém vai saber”, afirmou.

Por meio da assessoria de imprensa, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), respondeu que tem solicitado a transferência da paciente para uma unidade hospitalar. Ainda assim, afirma a Sesau, “a baixa rotatividade de leitos nos hospitais dificulta que pacientes que aguardam transferência em unidades de pronto atendimento (UPAs/CRSs) sejam removidos”.

A Secretaria também afirma que a idosa tem recebido todo o aporte pela unidade, “bem com a assistência médica necessária para a manutenção e suporte a vida”.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions