A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/07/2016 09:12

PM estuda abrir inquérito para apurar “teatro” em depoimento de coronel

Luana Rodrigues
Mulher, não identificada, chegou coberta de lençol e chamou a atenção da imprensa. (Foto: Guilherme Henri)Mulher, não identificada, chegou coberta de lençol e chamou a atenção da imprensa. (Foto: Guilherme Henri)

A Corregedoria da Polícia Militar disse que ainda "estuda" a possibilidade de abrir inquérito para investigar uma espécie de 'teatro', armado na quinta-feira (14), para distrair jornalistas e fotógrafos que aguardavam a chegada da tenente-coronel Itamara Romero Nogueira na 7ª delegacia de Polícia Civil.

Itamara matou com um tiro no tórax o marido, Valdeni Lopes Nogueira, que era major da PM. A mulher foi à delegacia para prestar depoimento sobre o caso.

Segundo a Corregedoria, um "estudo" está sendo feito para apurar indícios de qualquer irregularidade na condução da militar ao depoimento, caso encontrem algo errado, um procedimento será instaurado e as devidas punições aplicadas.

Cena - Para evitar a exposição da tenente coronel, uma mulher, que não teve a identidade revelada, chegou em uma viatura da PM e desceu enrolada em um lençol sendo conduzida por militares até a delegacia pela porta da frente. Pensando se tratar da acusada, jornalistas e fotógrafos tentaram se aproximar e, inclusive foram advertidos pelos PM's.

Enquanto isso, Itamara, que estaria aguardado junto com o seu advogado, José Roberto Rosa, em um carro descaracterizado, na rua lateral, teria aproveitado a distração da imprensa e entrado pelos fundos da unidade, onde está sendo ouvida pelo delegado Cláudio Zotto.

Caso - O casal iria viajar para Maceió na madrugada de ontem (13) e o advogado de Itamara, José Roberto Rosa, afirmou que ela foi vítima de violência doméstica, que já ocorria há tempos, e desta vez, agredida com socos e tapas, teria sido ameaçada de morte pelo marido, quando revidou com dois tiros.

A tenente coronel e a vítima estavam casados há 15 anos, porém, em sua página no Facebook, Valdeni mantinha o status de "solteiro", além de também ser cantor sertanejo. Ele foi resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos em morreu por volta das 19h enquanto passava por uma cirurgia.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions