A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

14/12/2016 16:55

Polícia Federal nega que grávida tenha fugido durante festa de policiais

Luana Rodrigues

A Polícia Federal divulgou uma nota na tarde desta quarta-feira (14), afirmando que a fuga de uma mulher de 20 anos, que estava presa por tráfico, não ocorreu durante festa de confraternização de policiais na Superintendência Regional da PF de Campo Grande. A traficante está grávida e fugiu do prédio onde estava "presa" na noite desta terça-feira (13).

De acordo com o documento, “não havia nenhuma confraternização ou festa de policiais, conforme noticiado pela mídia, já que tal evento era noutro local e os policiais não tinham nenhuma relação com a prisão e/ou custódia dessa evadida.”

Segundo a PF, a mulher, que não teve a identidade divulgada, fugiu do prédio da PF após o encerramento da lavratura do auto de prisão em flagrante dela.

Ainda conforme a polícia, por ser gestante, a mulher estava em uma sala separada dos demais presos e seria removida para “um local mais apropriado”, no entanto, fugiu.

Em nota, a PF não esclarece as circunstâncias da fuga, mas afirma que equipes policiais estão nas ruas, em busca da foragida.

Drogas em mala – A traficante, que não teve a identificação revelada pela polícia, foi presa na madrugada de ontem, no Aeroporto Internacional da Capital. Conforme informações da PF (Polícia Federal), ela transportava 30 quilos de maconha em uma mala, e iria embarcar com a droga para Belém, no Pará.

Além de confessar que era dona da droga, a traficante disse aos policiais que tinha outra mala com drogas em uma residência no bairro Santa Luzia, na Capital. A polícia foi até o local e encontrou mais 36,8 quilos de maconha.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions