A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/02/2014 09:10

Polícia investiga participação de adolescentes em estupro no Jd. Noroeste

Graziela Rezende

A Polícia descobriu, após um dia intenso de investigações, que a menina de 13 anos foi estuprada mais de uma vez por quatro homens, sendo ela levada para uma residência no bairro Jardim Noroeste, após uma festa que ocorreu na madrugada de domingo (2), em Campo Grande. Dos autores, dois seriam adolescentes.

“Ontem nós passamos o dia envolvidos neste caso. Além da chácara onde ocorria a festa, eles também levaram a menina para uma casa e lá a estupraram novamente. A vítima já prestou depoimento e identificou duas pessoas, mas não pode garantir porque estava embriagada e sob efeito de drogas”, afirma um dos investigadores.

Além de visitar a chácara, a Polícia também compareceu a casa onde ocorreu o crime. “Nós sabemos que alguém permitiu a entrada das pessoas no imóvel, sendo que este deve apontar quem são os autores. Os proprietários da casa já foram identificados, mas negam o crime”, conta o investigador.

Conforme a delegada Regina Márcia Rodrigues, responsável pelas investigações, três pessoas prestarão depoimento nesta terça-feira (4), para falar sobre o caso. “Nós já temos a nossa linha de investigação e inclusive existe a possibilidade deles serem adolescentes. Acredito que hoje já possamos identificar ao certo os suspeitos”, afirma a delegada.

Crime – A menina de 13 anos procurou a Polícia Civil para denunciar que havia sido estuprada em uma festa. Ela disse que saiu de casa por volta das 17h do sábado (1º) quando se encontrou com amigos.

Após ser convidada para a festa, a menina consumiu drogas e álcool e em determinado momento foi levada para o banheiro por três rapazes. A amiga dela viu toda a cena. Um quarto homem também entrou no cômodo depois.

As duas meninas conseguiram fugir da festa, mas foram interceptadas pelos rapazes no meio do caminho. O grupo conseguiu alcançar a dupla e voltou a cometer novos estupros em uma casa do mesmo bairro.

Polícia tem nomes de suspeitos de estuprar menina de 13 anos em festa
A Polícia Civil de Campo Grande segue investigando o caso da menina de 13 anos que diz ter sido vítima de estupro na madrugada do domingo (2) no Jard...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


isso nao foi festa, foi simplesmente uma bagunça do jeitinho que essas pessoas sem futuro gosta, a culpa nao é dos pais, por que se os pais segurasse ela ia do mesmo jeito, ai todos sabem que hoje em dia os pais nao segura ninguem e eu acho bem feito dessa criança ser estrupada pos pra mim é uma criança sem futuro a vida dela ja era. quem procura acha e ela achou tudo o que queria, todos que vai em festa assim sabem dos riscos que estao correndo e sabem tambem o que vai encontra la, tais como: drogas, bebidas, cigarros,muita farra, brigas, varios caras pra te usa e depois sai falando e tambem tem aqueles que se voçe da um fora ele pega a força.
 
fabiana dos santos carneiro em 05/02/2014 13:30:57
Primeiro de tudo o que uma criança de 13 anos esta na rua, se é culpa dos pais não sei é que o ser humano faz tanta lei a favor da criança e do adolescente que hoje os pais são os vilões quando impede de fazer algo, exemplo se o pai ou a mãe dessa menina a impedisse de sair de casa é carcere privado, se bater para educar esta espancando.
Mas quando ela sai é estuprada, por que bebeu, usou drogas ela fica como vítima. Pois é crime vender bebida a menores de idade mas eles beberem é normal?
Pois na minha época que não faz tanto tempo assim era possível educar.
As leis tem que mudar em alguns pontos, exemplo tinha que prender as crianças que estivesse na rua até tarde da noite...quem sabe muda
 
Luana Freitas em 04/02/2014 11:30:08
Tomara que a delegada va a fundo e indicie a todos, pai, mãe, proprietario de casa, de chácara, e é logico os criminosos.
Pelo jeito a festa foi completa, bebidas, drogas, prostituição, menores de idade, tá precisando do promotor da infancia e juventude dar umas incertas nestas festas.
Absurdo isso.
 
lizeti aparecida zanineli em 04/02/2014 09:24:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions