ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  16    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Polícia prende suspeito de matar pai de santo após achar capa de celular

Jovem de 24 anos estava escondido na casa de um amigo de infância; crime aconteceu no fim do mês passada

Por Liniker Ribeiro e Graziella Almeida | 30/08/2018 18:55
Placa instalada em frente da casa da vítima, indicando serviços oferecidos por ela (Foto: Saul Schramm)
Placa instalada em frente da casa da vítima, indicando serviços oferecidos por ela (Foto: Saul Schramm)

A Policia Civil prendeu na manha desta quinta-feira (30), Leonardo Rodrigues, de 24 anos, suspeito pela morte do pai de santo Michael Morgan Noronha Andredoli, de 57 anos, no dia 30 de julho. O rapaz, que foi encontrado na casa de um amigo de infância, confessou a autoria do crime ao ser interrogado na delegacia.

O caso chegou a ser tratado como suspeita de latrocínio, mas investigações apontaram que a vítima foi morta de forma passional, de acordo com o delegado responsável pelo caso, Ricardo Meirelles, da 5º DP. Os policiais chegaram até o principal suspeito após encontrarem a capinha do aparelho celular da vítima, em sua casa.

"Nós já havíamos levantado alguns nomes de pessoas que frequentavam o local e, ao chegar na residência de um deles, encontramos a capinha, que foi reconhecida pelo filho da vítima, que chegou a dizer que o material estava com o cheiro do perfume usado pelo pai", revelou o delegado.

Delegado Ricardo Meirelles
Delegado Ricardo Meirelles

Questionado, Leonardo confessou que havia se relacionado sexualmente por uma vez com a vítima e que o ato teria sido gravado por uma câmera escondida. A ferramenta fazia parte de uma lâmpada, na qual o suspeito afirmou que não tinha conhecimento da situação. Porém, segundo a versão apresentada por ele, a vítima teria começado a ameaçar divulgar as imagens, caso eles não voltassem a se encontrar.

"Como o suspeito afirmou que mantinha um relacionamento com uma mulher, a policia acredita que essa foi a principal motivação do crime", revelou Meirelles. O suspeito também afirmou ter levado o notebook e o celular da vítima, com objetivo de destruir possíveis arquivos de imagens salvas nos aparelhos.
.
O jovem responderá por homicídio qualificado por motivo torpe e meio cruel, devido à impossibilidade de defesa da vitima. Ainda de acordo com a polícia, na casa do suspeito ainda foram encontradas 26 'trouxinhas' de cocaína, que totalizaram 500 gramas. O jovem já tinha passagem por tráfico de drogas.

Caso - Michael foi encontrado morto seminu e estrangulado com fio de ventilador às 22h50 do dia 30 de julho, na casa onde vivia e trabalhava. Estranhando a ausência do pai, o filho dele foi até o local e se deparou com a cena do crime.

Nos siga no Google Notícias