A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

02/12/2014 12:42

Prefeitura aumenta repasse para garantir funcionamento da Santa Casa

Paulo Fernandes e Kleber Clajus
Convênio assinado pela Prefeitura é emergencial e nova 'ajuda' vai até março (Foto: Marcelo Calazans)Convênio assinado pela Prefeitura é emergencial e nova 'ajuda' vai até março (Foto: Marcelo Calazans)

A Prefeitura de Campo Grande assinou um convênio aditivo para ampliar emergencialmente de R$ 1,2 milhão para R$ 3 milhões o repasse para a Santa Casa nos meses de dezembro, janeiro, fevereiro e março. A Santa Casa trabalha com um déficit de R$ 4,6 milhões por mês e a dívida acumulada chega a R$ 24 milhões.

De acordo com o presidente da Santa Casa, Wilson Teslenco, o recurso do convênio irá garantir o funcionamento total da Santa Casa incluindo despesa de materiais, medicamentos e pessoal.

Como contrapartida, a prefeitura quer 100 a implantação de 100 novos leitos no hospital. Teslenco disse que fará essa ampliação de forma gradual nos próximos 60 dias.

“Esse recurso é justamente para que o serviço não seja descontinuado. A partir de 1º de janeiro, vamos chamar a responsabilidade dos custos para Estado e União para que eles também ajudem a custear”, afirmou o prefeito Gilmar Olarte.

A Santa Casa é o maior Hospital de Mato Grosso do Sul, atendendo a capital, os 78 municípios do interior e até mesmo a outros estados e países vizinhos. O hospital é referência estadual em várias especialidades e possui o maior Pronto Socorro da Capital, respondendo por 80% dos atendimentos de urgência e emergência.

Maior hospital de MS acumula dívida de R$ 24 milhões, revela presidente da Santa Casa, Wilson Teslenco (Foto: Marcelo Calazans)Maior hospital de MS acumula dívida de R$ 24 milhões, revela presidente da Santa Casa, Wilson Teslenco (Foto: Marcelo Calazans)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions