ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  25    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Prefeitura convoca 31.107 famílias para atualização do CadÚnico na Capital

Beneficiários podem perder Bolsa Família ou tarifa social de energia, caso não compareçam

Por Cassia Modena | 07/02/2024 11:41
Conversa para orientação de beneficiários do Bolsa Família, no ano passado, na Capital (Foto: Arquivo/Paulo Francis)
Conversa para orientação de beneficiários do Bolsa Família, no ano passado, na Capital (Foto: Arquivo/Paulo Francis)

A Prefeitura de Campo Grande está convocando 31.107 famílias com pendências no CadÚnico (Cadastro Único) para Programas Sociais do Governo Federal. É exigido que atualizem os dados para não perderem benefícios como Bolsa Família e tarifa social de energia elétrica.

No total, a Capital tem 199.446 famílias inscritas no CadÚnico, sendo 59.416 beneficiárias do Bolsa Família. Os dados foram informados pela prefeitura.

As notificações sobre as pendências estão sendo enviadas por meio de mensagens no aplicativo do CadÚnico, disponível para smartphones. A comunicação às famílias beneficiárias do Bolsa Família também é feita por mensagens nos aplicativos do programa e o Caixa Tem, além de aparecer no extrato de pagamento dos benefícios. Já as famílias beneficiárias da tarifa social de energia elétrica podem ser comunicadas por meio de mensagem na fatura.

Além de ir ao Cras, outra opção para regularização é procurar a Central do Cadastro Único, localizada na Rua dos Barbosas, 321, no Bairro Amambaí.

Os responsáveis pelo cadastro devem levar documento de identificação com foto e outros como CPF ou título de eleitor, comprovante de residência e documentos de todas as pessoas da família que moram no mesmo domicílio.

Medida - A ação de regularização ocorre em todo o Brasil e é medida ordenada pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome.

São feitos dois processos junto aos cadastrados: a averiguação cadastral e a revisão cadastral. No primeiro, são verificadas as informações prestadas pelas famílias no momento do cadastramento, que apresentaram algum indício de inconsistência, seja de renda, de declaração de vínculo empregatício ou de composição familiar. No segundo, o foco é revisar os cadastros de famílias que realizaram a última atualização há mais de dois anos.

Entre outras ações planejadas e executadas pelo Município estão a realização de visitas, principalmente para os grupos cuja orientação é realizar a atualização cadastral em domicílio.

Orientação - Mesmo que não receba notificação sobre a Revisão Cadastral, o beneficiário pode ele mesmo checar a situação de seus dados, data da última atualização e data limite para uma nova atualização cadastral no aplicativo CadÚnico.

A falta de atualização dos dados do CadÚnico pode levar à suspensão do pagamento de benefícios por dois meses e posterior cancelamento.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias