A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/12/2010 12:24

Prefeitura entrega 68 casas e espera entregar mais 294 até julho de 2010

Ricardo Campos Jr. e Aline dos Santos

Todas as casas beneficiarão famílias da Cidade de Deus

Ordem de recebimento das casas foi definida por sorteio. (Foto: João Garrigó)Ordem de recebimento das casas foi definida por sorteio. (Foto: João Garrigó)

A prefeitura de Campo Grande espera entregar todos os imóveis para a população da favela Cidade de Deus até o fim do primeiro semestre de 2011. Durante a entrega das primeiras 68 casas na manhã desta quinta-feira, dia 23, o presidente da Emha Paulo Matos disse que a próxima entrega será em fevereiro de 2011.

Ao todo serão 362 casas no residencial José Teruel Filho, localizado na avenida Evelina Selingard, próximo ao bairro Dom Antônio Barbosa. No primeiro bimestre do ano que vem serão mais 122.

Durante a entrega, o prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad explicou que inicialmente, o projeto das casas não foi aprovado pelo Governo Federal. “Apesar de ter tirado nota 10 nas propostas, o governo disse que havia outra cidade em condições piores”, contou o prefeito. O apoio do senador Delcídio do Amaral, (PT) garantiu parte dos recursos.

O custo total das obras foi orçado em R$ 4,9 milhões. O governo federal repassou R$4,2 milhões e a prefeitura bancou R$ 650 mil.

O estado irá custear 131 casas do residencial em parceria com a União. Segundo o governador André Puccinelli, o Estado é responsável por 60% do valor dessas residências.

Além das autoridades, as famílias que foram beneficiadas estiveram presentes do evento. O prefeito fez um alerta com relação à venda das casas entregues pela prefeitura. Nelsinho disse que haverá perda do imóvel nos casos de aluguel, venda ou doação para terceiros.

Todas as famílias da Cidade de Deus foram cadastradas para receberem as casas. A ordem do recebimento será definida por sorteio.

Estiveram presentes o presidente da Câmara Paulo Siufi (PMDB), o secretário de habitação do Estado Carlos Marum (PMDB), além de Pedro Teruel e a mãe dele. O nome do residencial leva o nome do pai do deputado petista.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions