A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

11/02/2013 16:59

Prefeitura quer mais R$ 15 milhões para concluir Orla Ferroviária

Gabriel Neris
Alcides Bernal esteve na Orla Ferroviária e obras de revitalização custarão R$ 15 milhões (Foto: Divulgação)Alcides Bernal esteve na Orla Ferroviária e obras de revitalização custarão R$ 15 milhões (Foto: Divulgação)
Parte da Orla Ferroviária foi inaugurada no final do ano passado (Foto: Arquivo/João Garrigó)Parte da Orla Ferroviária foi inaugurada no final do ano passado (Foto: Arquivo/João Garrigó)

A Prefeitura de Campo Grande calcula que serão necessários R$ 15 milhões para dar sequência à revitalização da Orla Ferroviária, iniciada na gestão passada. As obras serão no Parque da Esplanada Ferroviária, que vai até a rua Eça de Queiroz, atrás da Feira Central.

De acordo com o secretário Semy Ferraz, da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), o prefeito Alcides Bernal (PP) foi até o local para verificar como serão as obras. “Estamos pleiteando R$ 15 milhões junto ao Governo Federal, mas a Prefeitura deve entrar com a contrapartida”, avisou. Segundo o secretário, a área é de 16 hectares.

Segundo Ferraz, o projeto de revitalização está a cargo do Planurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano).

Em relação à abertura dos quiosques vencedores da licitação para funcionar na Orla Ferroviária, o diretor-presidente do Planurb, Valter Cortez, disse esperar que em três semanas todos já estejam abertos ao público.

Cortez explicou que ainda nesta semana os quiosques devem ficar a disposição para os responsáveis instalarem equipamentos, como geladeira, freezers e gás de cozinha. Também será observada a instalação elétrica e hidráulica para que os estabelecimentos possam funcionar. O diretor-presidente do Planurb promete que quando todos os quiosques estiverem aptos, haverá a inauguração para todos funcionarem paralelamente.

As pichações e danos causados por vândalos na Orla Ferroviária serão revitalizadas pela empresa responsável pelas obras, garantiu o titular da Seintrha. Somente na Orla Morena, inaugurada no final de 2010, a revitalização ficará a cargo da Prefeitura. “O prefeito pediu que a Guarda Municipal cuide do local para evitar depredações”, disse Semy.



Deixa isso aí de lado e vai pagar o funcionalismo público direito. 15 milhões?????? Depois falam que as obras do Nelsinho é que eram superfaturadas!!!!!
 
wilma fonseca em 12/02/2013 11:36:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions