ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Prefeitura também prorroga suspensão das aulas até 7 de setembro

Aulas na rede municipal estão suspensas desde março devido a pandemia do coronavírus

Por Leonardo Rocha | 29/07/2020 11:02
Escola Municipal Arlindo Lima, em Campo Grande (Foto: Divulgação)
Escola Municipal Arlindo Lima, em Campo Grande (Foto: Divulgação)

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) também prorrogou a suspensão das aulas na rede municipal até o dia 7 de setembro, devido o aumento exponencial de casos e mortes de coronavírus em Campo Grande. A medida foi publicada hoje (29), no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande).

No último decreto as aulas ficariam suspensas até 31 de julho, com a nova decisão este prazo se estende por mais um mês e sete dias. Desde a segunda quinzena de março, quando chegou a pandemia do coronavírus ao Estado, uma das primeiras medidas das prefeituras foram paralisar as aulas presenciais na rede pública.

Durante este período, os alunos tiveram aulas virtuais, assim como uso de material impresso para fornecer conteúdo. Desde o começo do mês começou a aumentar de forma substancial os casos de coronavírus em Campo Grande, assim como o número de mortes e lotação dos leitos hospitalares.

Por este atual cenário, a prefeitura resolveu prorrogar a suspensão das aulas em toda as escolas da rede municipal de ensino. Ontem (28), o governo estadual já tinha tomado a mesma decisão para a rede estadual, fazendo a recomendação para os municípios e também as instituições de ensino da rede privada.

Devido o agravamento da pandemia, o prefeito restringiu a lotação do comércio, instalou o toque de recolher a partir das 20h e fez o chamado “lockdown” nos finais de semana. Também adiantou que estuda instituir a “lei seca” (sábado e domingo) para reduzir a ocupação de leitos devido acidentes.