A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019

09/09/2019 12:34

Preso por tráfico de drogas é encontrado morto na Máxima

Gustavo cumpria pena em Caarapó e foi transferido para Campo Grande na última sexta-feira (6)

Fernanda Palheta
O local foi isolado e a perícia técnica foi acionada para os levantamentos necessários e coleta de provas (Foto: Arquivo)O local foi isolado e a perícia técnica foi acionada para os levantamentos necessários e coleta de provas (Foto: Arquivo)

Gustavo Sampaio Alves de Souza, de 19 anos, foi encontrado morto no início da manhã desta segunda-feira (9), no pavilhão 3 da cela 103 do Presídio de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho, localizado na Rua Indianápolis, no Complexo Penitenciário do Jardim Noroeste, em Campo Grande.

Segundo o boletim de ocorrência, durante a conferência dos presos de custódia, agentes penitenciários viram o corpo de Gustavo amarrado a um cordão preso na janela da grade.

O local foi isolado e a perícia técnica foi acionada para os levantamentos necessários e coleta de provas. O caso será investigado pela Polícia Civil. Em nota, a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) informou que apura as circunstâncias da morte do interno.

Preso por tráfico de drogas, Gustava cumpria pena em Caarapó, cidade a 283 quilômetros de Campo Grande, e foi transferido para Campo Grande na última sexta-feira (6).

Morte - Em março deste ano mais um preso foi encontrado morto no pavilhão 3 da Máxima. Adelvan Alves Furtado, 54 anos, foi encontrado morto na madrugada do dia 29, cela 102. No corpo dele havia escoriações na nuca, na boca, queixo e nariz.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions