A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

26/01/2011 10:52

Presos bandidos que roubaram R$ 300 mil em joias no Carandá

Nadyenka Castro e Ana Maria Assis

Quadrilha fez buraco em muro para invadir casa

Trio preso por assalto no Carandá. Heider, do meio, foi o mentor do crime. (Foto: João Garrigó)Trio preso por assalto no Carandá. Heider, do meio, foi o mentor do crime. (Foto: João Garrigó)

Heider Monteiro, 47 anos, Vagner Ferreira Sales, 20 anos, e Bruno Fernandes, 21 anos, estão presos por terem invadido uma residência no Carandá Bosque, em Campo Grande, rendido os moradores e roubado R$ 300 mil em joias. Os três confessaram o assalto. O comparsa deles, David Henrique dos Santos, 27 anos, está foragido.

O crime aconteceu no dia 22 de dezembro do ano passado e o primeiro assaltante a ser preso foi Heider, conhecido como “Mestre Maranhão”. De acordo com a Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos), ele foi encontrado no apartamento onde morava, no Jardim Centenário, após descrição das vítimas.

No local, de propriedade de Vagner, os policiais apreenderam pedras preciosas que tinham sido roubadas na residência e outros materiais, também produtos do crime. No momento do reconhecimento ele estava vestido com uma camiseta das vítimas e foi apontado por elas como sendo um dos autores.

Com a prisão de Heider os policiais chegaram até Vagner e Bruno. De acordo com o delegado Fábio Peró, Vagner é irmão de um ex-companheiro de cela de Heider e foi indicado por ele a participar do crime.

Vagner era tido como o “homem de confiança” de Heider e ficou responsável por vender as joias. Bruno vendeu a televisão roubada no local.

Segundo a Derf, foi Heider quem planejou o assalto. Eles queriam uma vítima no Carandá Bosque e durante 15 dias percorreram ruas do bairro para escolher a vítima.

A rotina do alvo foi observada e um dia antes a quadrilha entrou em um terreno baldio ao lado da casa e fez um buraco no muro. Os bandidos voltaram ao local na madrugada e pela manhã invadiram o imóvel.

Heider já cumpriu pena por roubo e há dois meses havia terminado a liberdade condicional. Ao ser preso foi encontrada no celular dele uma mensagem sobre um plano de assalto a banco.

O roubo- Um advogado de 27 anos foi o primeiro morador a ser rendido. Em seguida, a mãe dele, de 52 anos, chegou ao local e também foi abordada pelos assaltantes, que estavam encapuzados e pediram a ela a senha do cofre.

Os bandidos abriram o cofre, pegaram as joias e fugiram levando também um veículo Gol, o qual já foi recuperado e objetos de valor. Duas armas de fogo usadas no crime foram apreendidas.

Trio invade casa no Carandá Bosque, rende família e rouba carro e jóias
Na manhã desta quarta-feira, três bandidos armados com revólveres invadiram uma casa localizada na rua Vitório Zeolla, bairro Carandá Bosque, em Camp...
Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...


A POLÍCIA esta de PARABÉNS pela prisão de bandidos que ficam planejando diariamente assaltos em nossa cidade. Acredito no trabalho extensivo dos nossos Policiais que estão trabalhando para tirar de circulação ladrões deste tipo.
 
Mauricio Alencar em 26/01/2011 04:09:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions