A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

05/09/2018 08:10

Programa da Prefeitura quer preservar Lagoa Itatiaia por meio de parcerias

“Lagoa Itatiaia Viva” foi criado por leio municipal e institui ações para preservação ambiental do local

Izabela Sanchez
Lagoa Itatiaia, no bairro Tiradentes (arquivo/Campo Grande News)Lagoa Itatiaia, no bairro Tiradentes (arquivo/Campo Grande News)

A Prefeitura de Campo Grande, por meio de lei municipal, criou um programa de preservação da Lagoa Itatiaia, cartão postal do bairro Tiradentes. O Programa Lagoa Itatiaia Viva deve realizar ações de manutenção e conservação, apoio à pesquisa e realizar parcerias entre a administração municipal de instituições.

O município fica responsável pela manutenção e recuperação ambiental da área, que será estudada por meio de avaliação técnica. As ações podem ocorrer por meio do Propam (Programa de Parceria Municipal) ou de parcerias com a iniciativa privada.

Na Lagoa, placas deverão ser fixadas no solo e nas lixeiras, orientando sobre o descarte adequado de resíduos, proteção da mata ciliar e da pesca. As despesas, orienta a lei, também podem ser custeadas por meio de parcerias com a iniciativa privada.

Ficou de fora do projeto, ainda assim, os dispositivos que proibiam a pesca no local. Alvo de polêmica, a lei é de autoria do vereador Eduardo Romero (Rede), e estabelecia a proibição até emissão de laudo ambiental técnico.

Há quase quatro anos, o ex-prefeito Gilmar Olarte (sem partido) vetou projeto de proibição alegando que este restringiria cidadãos que "até mesmo pela condição financeira, não tem condições de levar até a sua mesa um alimento que possa nutrir a fome de seu semelhante".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions