A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

09/04/2015 16:03

Quadrilha analisava rotina de motéis e usava táxi para cometer roubos

Bandidos se passavam por clientes e chegavam a ir até 3 vezes no mesmo estabelecimento

Michel Faustino e Alan Diógenes
Suspeitos foram apresentados na Derf na tarde de hoje. (Foto: Fernando Antunes)Suspeitos foram apresentados na Derf na tarde de hoje. (Foto: Fernando Antunes)
TV, som, armas e celulares foram recuperados de posse da quadrilha. (Foto: Fernando Antunes)TV, som, armas e celulares foram recuperados de posse da quadrilha. (Foto: Fernando Antunes)

Outros três suspeitos de envolvimento na recente onda de roubo a motéis, e outros crimes, ocorridos recentemente em Campo Grande foram apresentados na tarde de hoje (09) na Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos). Conforme a policia, a quadrilha analisava a rotina dos estabelecimentos antes de cometer os roubos e utilizava um táxi como suporte para fuga.

Além de Gilson Aparecido da Silva, 23 anos, preso na segunda-feira (06) em ação da Força Tática da Polícia Militar, a policia prendeu Michael Tales Alves da Cruz, 25 anos, Rodrigo Ferreira da Conceição, vulgo Boi, de 25 anos, e Elton Pereira da Silva, 32 anos.

Todos eles agiam em parceria com Gilson e com um adolescente de 16 anos que morreu baleado no confronto ocorrido em um motel na Vila Ipiranga - no dia anterior, assaltaram dois locais.

De acordo com o delegado Carlos Delano, da Derf, cada um dos envolvidos tinha uma função especifica dentro da quadrilha. Segundo ele, Gilson era o responsável por cometer os roubos e contava com o suporte de Michael para às fugas. Já Rodrigo e Elton eram os responsáveis por receber e negociar os objetos roubados.

Conforme o delegado, a quadrilha agia de duas formas. “Em alguns casos eles abordavam os funcionários na recepção dos estabelecimentos e anunciavam o roubo e também chegavam a ir por três dias seguidos no local, se passando por clientes, para analisar toda a rotina dos motéis e assim poderem praticar os crimes com mais exito”, complementa.

Segundo Delano, Elton e Michael também utilizavam duas motocicletas que estariam nos nomes de Rodrigo e Elton para cometer os crimes.

“Não há dúvida de que todos estão envolvidos nisso. Até porque as motos do Rodrigo e do Elton eram utilizadas nos crimes e também temos provas de que eles participaram diretamente de alguns roubos”, complementa.

Conforme o delegado, a policia investiga a participação de uma quinta pessoa no “esquema”, que seria responsáveis por trocar os objetos roubados por drogas. “ Temos indícios de que essa pessoas repassou para o Gilson cerca de R$4.400 em cocaína em troca de produtos que foram roubados por ele”, disse.

Com a quadrilha a foram apreendidas duas armas de fogo, munições, um veículo usado no apoio, uma TV LCD, som, videogame, perfumes, relógios e celulares.

Plano – Conforme a policia, a quadrilhava portava uma lista com o endereço de outros sete estabelecimentos que provavelmente seriam invadidos. No motel da Vila Ipiranga, se não houvesse intervenção da PM, roubariam R$ 5.595 e celulares. Já no do Jardim Leblon, no domingo, levaram um televisor, celulares e certa quantia em dinheiro, e no da Vila Progresso, no mesmo dia, tomaram R$ 500 e celulares. A suspeita é de que o grupo também seja responsável por roubos a residências e comércios nos últimos dias.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions