A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/08/2011 19:28

Raio-X cai sobre cabeça de criança na Santa Casa de Campo Grande

Ana Paula Carvalho
Heloísa ficou com hematomas na cabeça ao tentar proteger filho. (Foto: João Garrigó)Heloísa ficou com hematomas na cabeça ao tentar proteger filho. (Foto: João Garrigó)
Ronaldo espera pelo filho e a esposa por mais de cinco horas. (Foto: João Garrigó)Ronaldo espera pelo filho e a esposa por mais de cinco horas. (Foto: João Garrigó)

Heloísa Helena de Andrade Campos, de 25 anos, passou por uma situação inusitada no fim da manhã desta terça-feira (30). Ela estava acompanhando o filho de cinco anos no setor de radiografia da Santa Casa quando um dos aparelhos de Raio-X caiu sobre o menino.

Febre e falta de apetite por cinco dias levaram Heloísa e o marido Ronaldo Raimundo da Silva, de 29 anos, procurarem atendimento médico para o filho. O médico solicitou exames de sangue, urina e um Raio-X do tórax. Na sala onde fica o equipamento, a mãe tirou a camisa do filho e quando o colocou na maca, o aparelho caiu.

“Eu só tive tempo de empurrar o meu filho e segurar o negócio”, relata a mãe que ao tentar proteger o menino ficou com machucados na cabeça e nos braços. A criança teve um corte na cabeça e precisou levar dois pontos.

De acordo com o Ronaldo, pai do menino, um cabo de aço que segurava o aparelho na parede rompeu e causou a queda. De acordo com ele, os aparelhos são velhos.

“A gente procura atendimento e quase saiu sem o filho e com a mulher machucada. Não tem como não fazer nada”, afirma. Ela vai entrar com uma ação contra o hospital.

Para ele, a esposa foi uma heroína. “Minha mulher salvou a vida do meu filho”, diz.

Mãe e filho passaram a tarde no hospital. A criança ficou em observação.

Aparelho caiu sobre criança. (Foto: Arquivo Pessoal)Aparelho caiu sobre criança. (Foto: Arquivo Pessoal)

Santa Casa - Durante a tarde, o hospital enviou uma nota oficial a imprensa falando sobre o acidente. De acordo com eles, não houve “grande danos”, mas os pais acreditam que o pior só não aconteceu porque Heloísa conseguiu empurrar a criança.

Leia na íntegra a nota divulgada pelo Hospital - Em resposta as informações veiculadas pela mídia local, a Santa de Campo Grande vem a público esclarecer que:

O paciente, RSAC, de cinco anos, deu entrada neste hospital com quadro de febre alta a ser investigada. Foram solicitados exames de raio-x no tórax, sangue e urina. Ocorre que durante a realização do procedimento houve um acidente sem grandes danos. Durante o uso do aparelho de raio-x, o mesmo cedeu e caiu sobre o paciente, que teve um corte superficial de aproximadamente um centímetro e meio no couro cabeludo. O paciente foi atendido, recebeu sutura e permanece no Pronto Socorro Pediatria para averiguação do quadro de febre.

Aproveitamos a oportunidade para ressaltar que a Santa Casa de Campo Grande sempre se colocou e sempre se colocará à disposição da imprensa local, bem como de toda a comunidade, para sanar eventuais dúvidas e/ou indagações. Todavia, repudia todo e qualquer juízo de valor quantos aos procedimentos clínicos adotados pela entidade.

Sendo só para o momento, despedimo-nos e colocamo-nos à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Não acredito nisso, o Ex presidente Lula disse que o Brasil esta pronto pra se tornar um potencia mundial, essas coisas não acontecem em potências.
 
Marcos Silva em 31/08/2011 12:14:17
eu sou pobre,nunca paguei consulta particular,sempre dependi de posto de saude,inclusive da santa casa e sempre fui muito bem atendida,e tenho certeza que nao sou a unica,o que eu acho na verdade é que as pessoas exigem demais,querem demais,gritam demais,ja chegam alteradas querendo ser atendida na hora e as coisas nao sao bem assim...minha patroa que tem plano de saude fica horas para ser atendida no hospital particular,ela sim tem o direito de reclamar..e fatalidades acontecem,e nao é por omissao,talvez a populaçao nao saiba,mas um dos donos do hospital do coraçao morreu dentro do seu proprio hospital enfartado,sera que foi mal atendido???
 
norma de souza em 31/08/2011 10:39:11
Pois é investimentos em nossa cidade estão sendo feito, e estamos em grande crescimento só que a santa casa não está dando conta mais na demanda dos pacientes desta e de outras cidades que vem aqui para procurar atendimento, não esta na hora de fazer o PASS Programa de Aceleração do Sistema de Saúde, pois estamos necessitado de mais um hospital publico, e melhorias bem feitas na Santa Casa não só por cima, mas uma mega melhoria. Não acham, eleições hora de reflexão eleitores e procurar pessoas que estejam realmente com vontade de lutar por nós, área da saúde esta a desejar.
 
Adriana Peralta em 31/08/2011 08:15:11
Essa nota de imprensa tá deixndo a desejar. Esperava pelo menos um mea culpa.
 
Fabianny Alencar em 31/08/2011 08:15:10
É um fato lamentável mesmo,tenho dois filhos pequenos,imagino como os pais dessa criança esteja no momento,mas também imagine como deverá estar a téc. que estava na sala realizando esse procedimento,pois sempre brigam por melhorias e manutenção desses aparelhos e as autoridades fazem descasos, SERÁ ATÉ QUANDO VAMOS AQUANTAR ISSO...
 
Leandro Franco em 31/08/2011 08:13:15
Por sorte a mãe salvou esta criança.
A "santinha casa" precisa mudar o quanto antes.
Já pensou você ir fazer um raio-x e voltar com o filho morto, porque pelo tamanho do aparelho se cai na criança, "já eras"
Basta
 
João Pedro em 31/08/2011 01:11:58
É uma situação que, se não fosse verídica, pareceria mais com uma anedota. Mas piada mesmo é como o cidadão brasileiro é tratado em um de seus principais direitos garantidos pela nossa Lei-Mãe (Constituição/1988): o direito à saúde! Criam-se impostos, a tributação só aumenta, mas não recebemos a devida contrapartida nos setores mais essenciais da vida. Essa criança, que foi se submeter a um simples exame radiográfico, poderia ter saído da Santa?Casa direto para uma funerária... Falta dinheiro para consertar aparelhos essenciais à nossa saúde, mas não falta para Copa. Na verdade, não precisamos de saúde, precisamos de futebol, caipirinha e mulheres...
 
Carlos Renato Lopes em 30/08/2011 11:59:11
Fato: No Estado inteiro não existe uma unica pessoa responsável pela manutenção destes aparelhos um único tecnico sequer pra fazer a manutenção, então o que é melhor?
parar todo tipo de atendimento para algum filho de Deus sei lá vindo de que lugar desse Brasil pra manutenção ja que nem mesmo a rede particular faz isso, ou atender do jeito que tá mesmo. outra coisa a saúde dos tecnicos de raio x como é que não deve de estar?
 
olivia bento em 30/08/2011 10:27:45
"A Santa Casa repudia todo e qualquer juízo de valor quanto aos procedimentos clínicos adotados pela entidade"...que lindo...só faltou chamar os médicos de deuses...ninguém pode questioná-los...Ah! o dano foi pequeno, claro não foi no filho de nenhum figurão né?
Contrariando o que diz a nota da Santa Casa, eu aconselharia esses pais a procurarem outro atendimento urgente, porque pedir exame de raio-x para investigar um quadro de febre não se ensina em nenhuma faculdade de medicina (nem na Bolívia)...é simplesmente ridículo. Para médicos que pedem um exame de raio x com a finalidade de identificar uma infecção (causa primária de qualquer febre) não pode mesmo haver questionamentos - melhor procurar um curandeiro!
 
Marcos Ferreira em 30/08/2011 10:18:19
A Santa Casa é -- ainda -- o hospital mais completo da Capital e de todo o Estado. É lamentável que se encontre como está. Precisamos acreditar que essa looooonnnngggga fase vai passar. Todos nós precisamos desse hospital devidamente aparelhado. Em meio ao cáos e ao abandono das autoridades, o Hospital sobrevive em função de médicos sérios e funcionários dedicados. Não tenho amigos pessoais e nem parentes trabalhando lá. Mas, lembro-me com respeito da história desse hospital desde sua construção e o dia de sua inauguração. Tudo foi planejado para fazer o bem. Imagino quantos milhares de vidas já foram salvas ali. Quantas dores forem minimizadas. Quantas pessoas com a saúde recuperada.

Não minimizo a gravidade dos casos apontados pela população. Mas, que todos saibamos avaliar tais casos como "exceção". É o Sistema de Saúde que está caótico. A Santa Casa, nesse aspecto, é apenas mais um hospital brasileiro em situação de abandono.

Porém, existe muita gente séria e trabalhadora ali, em todos os níveis. Como também é indispensável lembrar dos benfeitores que, anonimamente, organizaram a instituição e nela aplicaram recursos pessoais só pensando em fazer o bem às pessoas. Isso não pode ser esquecido na hora da crítica mais ácida.

A Santa Casa merece, há muito tempo, que Senadores, deputados federais, estaduais, vereadores de todos os municípios, prefeitos, lojas maçônicas, clubes de serviço, igrejas de todos os credos, organizem uma grande mobilização popular. Ela merece que todos saiamos às ruas exigindo melhorias urgentes!

 
elias vieira em 30/08/2011 09:07:08
NOSSA QUE VERGONHA ,,,TA UMA TRISTEZA ESSA SANTA CASA
É LAMENTAVEL.SEM COMENTARIU MAIORES
 
ANA CLAUDIA BARROS RODRIGUES em 30/08/2011 08:56:32
Ruptura ou desprendimento de suporte de cabo de sustentação de aparelho de raio-x; denuncia a deficiência de manutenção na estrutura física do hospital. Como nos vivemos uma intervenção com data marcada para terminar, e toda a verba levantada, vem carimbada para cada area fim. Infelizmente os acidentes provocados por saturação do material aplicado na construção da infraestrutura serão cada vez mais constante. Portanto urge uma decisão, que venha a dar condições jurídicas para uma administração permanente e de continuidade e que levante fundos para uma manutenção e recuperação do prédio hospital Santa Casa.
 
luís eloy em 30/08/2011 08:08:07
se essa mae heroina nao empurra-se seu filho e este aparelho viese a cair na crianca e tivesse um trauma maior que foi tratar ;sera que a santa casa iria arcar pelo tratamento da mae heroina e pelo seu filho
 
nilton sabino em 30/08/2011 07:53:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions