A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

27/11/2015 23:20

Secretaria lança na segunda-feira Semana da Luta Contra a Aids

Flávio Paes
Campanha será desenvolvida durante toda a semanaCampanha será desenvolvida durante toda a semana

A Secretaria Municipal de Saúde desenvolverá a partir da próxima semana, de segunda até sexta-feira, a Semana de Luta Contra a Aids. A abertura está marcada para as 8 horas de segunda-feira, no auditório do LAC (Laboratório de Analises Clinicas), no campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Essa Semana faz alusão ao Dia Mundial de Luta Contra a Aids, comemorado todos os anos em 1º de dezembro.

De janeiro a outubro, foram registrados 112 homens infectados com o vírus e somente 39 mulheres. No mesmo período do ano passado, foram registrados 192 homens e 114 mulheres com sorologia positiva.
Há 61 pessoas na faixa etária de 35 a 49 infectados com o vírus. No ano passado, foram registrados 127 infectados na mesma faixa etária. A predominância dos infectados é de homens..

Segundo a gerente técnica do Programa de Hepatites Virais, Karina Burin, essa faixa etária é predominante em razão de se expor mais e por ter vida sexual ativa. Karina Burin alerta para o uso de camisinha mesmo com relação estável. “A pessoa sai pela segunda vez com o parceiro e já sente confiança na pessoa e faz sexo sem proteção”, explica.

De acordo com dados de Cedip (Centro de Doenças Infecto-parasitárias), de 2013 a 2015 foram registrados 973 pacientes que estão em tratamento e 172 pessoas abandonaram o tratamento. Na transmissão do vírus de mãe para filho, conhecida como transmissão vertical, foram registrados dois casos este ano. No mesmo período do ano passado, foram sete casos.

A recomendação da Secretaria de Saúde a quem fez você fez sexo sem preservativo ou compartilhou agulhas há mais de 30 dias, é que faça o teste de HIV. Se isso aconteceu há menos de 30 dias, o teste pode não detectar o vírus.

Embora todas as unidades de saúde possam coletar material para o teste de HIV e exames de DST, assim como seu tratamento, existe um serviço de referência no atendimento especializado - o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA). No local é oferecido apoio psicológico aos pacientes que passam pelo teste e oferece o tratamento de doenças sexualmente transmissíveis.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions