A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

05/12/2016 19:56

Sem reajuste, motoristas dizem que vão cruzar os braços nesta terça-feira

Nyelder Rodrigues
Motoristas vão paralisar e 'trancar' os portões de duas garagens das 4h às 6h30 (Foto: Alcides Neto/Arquivo)Motoristas vão paralisar e 'trancar' os portões de duas garagens das 4h às 6h30 (Foto: Alcides Neto/Arquivo)

Motoristas do transporte coletivo de Campo Grande, insatisfeito por não receberem o reajuste salarial prometido pelas empresas, de 8,5% vão paralisar as atividades no início da manhã desta terça-feira (6). O protesto será realizado até às 6h30, quando o movimento retornará ao normal.

Conforme o diretor financeiro do Sttcu (Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Coletivo Urbano de Campo Grande), William Alves da Silva, o acordo salarial feito com o consórcio Guaicurus não foi respeitado. "Ficou acordado reajuste de 8,5%, mas olhando os nossos holerites, não veio o reajuste este mês", comenta.

Alves também frisa que a paralisação ocorrerá nas viações Cidade Morena e Jaguar, as duas maiores da Capital, trancando os portões nestes locais das 4h às 6h30, impedindo a saída dos ônibus. "Não faremos nas viações São Francisco e Campo Grande para não prejudicar a população", explica.

Além disso, o sindicalista frisa que o protesto é um "aviso" ao consórcio, que não pagou o reajuste acordado com o sindicato os profissionais do transporte coletivo de Campo Grande. "Vamos dar um prazo para solucionar isso. Se não mudar nada, vamos convocar assembleia e depois parar tudo", garante Alves.

O preço da tarifa do ônibus na Capital se tornou um imbróglio e assunto tratado inclusive pelo futuro prefeito Marquinhos Trad (PSD), que pede o congelamento do valor, além do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul), que suspendeu o aumento para os passageiros.

Quando estava ainda em discussão o percentual o qual deveria ser o reajuste da passagem, representantes da empresa já afirmavam que sem reajustar a tarifa não seria possível pagar o reajuste salarial dos funcionários.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions