A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

05/12/2016 16:43

Campo Grande tem a 10ª tarifa mais cara entre capitais brasileiras

Paulo Nonato de Souza
Ônibus parado em terminal de transbordo de Campo Grande; preço da passagem está em discussão (Foto: Richelieu de Carlo)Ônibus parado em terminal de transbordo de Campo Grande; preço da passagem está em discussão (Foto: Richelieu de Carlo)

A tarifa do transporte coletivo em Campo Grande é a 10ª mais cara entre as 27 capitais brasileiras, conforme consulta feita nesta segunda-feira (5) pelo Campo Grande News, considerando o preço atual de R$ 3,25, sem a alta de 8,6% anunciada na sexta-feira (2) pelo prefeito, Alcides Bernal (PP), que eleva o preço da passagem para R$ 3,53.

Se levada em conta a nova tarifa, suspensa pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul no fim da tarde de sexta-feira, apenas algumas horas depois de ser divulgada pelo prefeito, e que entraria em vigor nesta segunda-feira, Campo Grande sobe para 6º lugar no ranking das tarifas mais caras.

O último reajuste ocorreu em novembro de 2015 e, como justificativa para elevar o preço da tarifa, Bernal disse que o novo valor corresponde à reposição da inflação no período. “É reposição inflacionária, não é reajuste”, declarou o atual prefeito.

Também ouvido pelo Campo Grande News, o prefeito eleito, Marquinhos Trad (PSD), disse que a alta na tarifa é aceitável por considerar que o índice ficou abaixo dos 11,6% de reajuste do salário mínimo em 2016.

“Tenho conhecimento de que essa reposição tem a ver com o contrato vigente da Prefeitura com o consórcio, e na minha opinião não poderia ultrapassar o reajuste do salário mínimo”, declarou o prefeito eleito.

Brasília segue líder do ranking das tarifas mais caras com o preço de R$ 4,00, seguida de perto por São Paulo e Rio de Janeiro (R$ 3,80), Goiânia e Curitiba (R$ 3,70) e Cuiabá (R$ 3,60). Já Fortaleza e Teresina (R$ 2,75), Vitória e Belém (R$ 2,70) e Natal (R$ 2,65) são as capitais com as tarifas mais baixas.

Campo Grande tem a 10ª tarifa mais cara entre capitais brasileiras


A ganância torna as pessoas bem burras mesmo! Vamos pensar um pouco: Dezembro, mês de compras natalinas, mês de recuperação dos comerciantes e por consequência mais impostos para bancar a inepcia dos órgãos públicos. Por tanto Sem ônibus, sem comércio, sem tributos... que grande sacada destes políticos heim é pra rir muito destas critaturas!!!!
 
TIJUANO em 06/12/2016 07:52:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions