ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 11º

Capital

Sem vagas, 23 pacientes aguardam em leitos improvisados no Hospital Regional

O secretário Geraldo Resende diz que informação não oficial é de 50 pessoas sem vagas na Capital

Por Guilherme Correia | 11/03/2021 11:48
Paciente de covid-19 recebe atendimento no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (Foto: Ascom/HRMS)
Paciente de covid-19 recebe atendimento no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (Foto: Ascom/HRMS)

Cerca de 50 pacientes precisam de leitos de terapia intensiva ou leitos clínicos para covid-19 e outras doenças em Campo Grande. A informação é do secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende. Segundo ele, a questão não apenas a Capital como quase todos os municípios de Mato Grosso do Sul não têm estrutura disponível no momento.

Em entrevista a rádio CBN, na manhã desta quinta-feira (11), o titular da SES (Secretaria Estadual de Saúde) afirmou também que cerca de 23 pacientes estão em leitos improvisados no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul. "Há uma fila bastante extensa de pacientes que precisam de leitos de UTI e leitos para outros agravos. Parece que são mais de 50 pacientes".

O Campo Grande News solicitou esses números a prefeitura de Campo Grande, responsável pela regulação dos pacientes em unidades de saúde da cidade, mas não foi respondido até o momento de publicação desta matéria.

"Maioria esmagadora dos municípios não há leitos de UTI’s, com exceção de algumas vagas em Corumbá. Só que a ida de pacientes de Campo Grande para Corumbá inverte toda a lógica", completou Resende.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário