A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/05/2011 13:39

Senado aprova carga horária maior para ensinos infantil, fundamental e médio

Marcos Chagas, da Agência Brasil

A Comissão de Educação do Senado aprovou, hoje (3), projeto de lei que aumenta de 800 para 960 horas anuais a carga horária mínima para os ensinos infantil, fundamental e médio.

Como foi aprovado em caráter terminativo, a matéria segue, agora, à apreciação da Câmara dos Deputados. Essas 960 horas, pelo projeto, serão distribuídas pelo período de 200 dias do ano letivo, excluindo os dias destinados aos exames finais, quando houver.

Emenda incluída pelo relator do projeto, deputado Cyro Miranda (PSDB-GO), determinou que as mudanças no calendário escolar só entrarão em vigor dois anos após a publicação da lei no Diário Oficial da União. Ou seja, se a lei for aprovada pelo Senado e sancionada pela presidenta Dilma Rousseff ainda este ano, a nova carga horária só entraria em vigor em 1º de janeiro de 2013.

Também foi aprovado pela comissão, em caráter terminativo, o projeto de lei que aumenta de 75% para 80% a frequência mínima para a aprovação de estudantes no ensino fundamental.

A proposta esclarece que, no caso de afastamento do estudante da sala de aula por motivo de saúde, o atestado médico apresentado garantirá o direito de fazer provas em segunda chamada, "mas não abona as faltas que lhe foram imputadas".

Homem foge de briga, se envolve em acidente e acaba agredido por moradores
Flávio Guimarães Fernandes, 39 anos, foi confundido com ladrão e agredido por moradores após se envolver em acidente. O caso aconteceu na madrugada d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


Se "isto" não é uma "piada"(de mau gosto), então PARA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!!!!!!
 
Fátima Costa (profª.) em 04/05/2011 09:27:38
Como professora, eu assino em baixo do comentário de Ester Medina Barrozo. Sem a responsabilidade dos pais, não há professor que consiga ensinar e com as leis que "beneficiam" os infratores, os que "levam vantagem em tudo" gozam da impunidade e lucram ser ter o trabalho de estudar. Como incentivar nossos alunos dessa maneira?
 
Aracy Bragatto em 04/05/2011 09:19:55
Não penso q o aumento da carga horária seja a válvula de escape para suprir as carências da educação e nao concordo tb com o nosso amigo Reinaldo q prof. "encha linguiça" em sala de aula, porque mesmo q faça uso dessa profissão por falta d opção, ele tem q dar conta do aprendizado de seus alunos, pois tem a questão do IDEB e tem q ralar pra mostrar resultados. Também a presença do professor não é unica em sala, recebe-se visitas e semanalmente faz-se uma avaliação com a equipe escolar dos avanços e retrocessos dos alunos.
Quanto ao aumento da carga horária, seria bom que os senadores preocupassem mais com a qualidade de ensino como disse bem Amauri, oferecer condições para que o professor planeja melhor suas aulas com tempo para estudos e ter uma boa remuneração para poder estudar e comprar livros. Na educação todo mundo põe a mão.
 
Rose Rocha em 03/05/2011 09:01:35
Incrível que mal termina-se o assunto de 1/3 da jornada de trabalho dos professores e entram com outro de aumento de carga horária, sejam coerentes, analisem e revejam, de preferência que consultem as secretarias de educação, abram para votação.
 
Rosa Melgaço em 03/05/2011 08:54:38
De que adianta aumentar carga horária se a remuneração é uma vergonha?!... Os professores sim deveriam ganhar o salário de senadores, pois somos nós quem educamos, quem formamos os futuros cidadãos brasileiros. Esse é o nosso Brasil!
 
Nayane Morais em 03/05/2011 08:04:04
Acho esta decisão correta.
Claro que somente aumentar a carga horaria nao resolve, mas é um passo na direção correta.
 
Jean Sanches em 03/05/2011 07:42:41
muito me preocupa a falta de criatividade dos nossos políticos. Aumentar a carga horário não vai contribuir em nada no que já está descontrolado, por exempo: os pais ensinarem principios e valores aos seus filhos, que é o que esta faltando nas famílias. Autoridades e respeitos para os dirigentes escolares, que hoje até apanham de alunos e pais.
 
adelia alves barbosa em 03/05/2011 07:12:09
É uma aberração o que fazem alguns senadores em aprovar uma lei desta, pois a qualidade do ensino não está na carga horária, mas sim no tempo destinado à preparação das aulas e na qualidade das escolas, pois o Brasil todo ja viu a precariedade em que se encontra algumas escolas e os materias de ensino. Acorda senadores.Será que se almentassem a carga horária deles teriamos mais qualidade politica?
 
Lucinea Costa de Oliveira em 03/05/2011 05:18:54
Tudo que copiamos fica desta maneira: solto, impreciso e, por fim, inaproveitado. Concordo com Leize. Se os "professores" (estou falando dos profissionais que lecionam porque gostam e não por falta de opção!) fossem remunerados de forma mais justa, nao precisariam ficar correndo de um a outro local para lecionar e teriam tempo para administrar o tempo de aula, fazer cursos e aprimorar seu conhecimento e, assim, passa-los com qualidade e propriedade aos alinos, e por aí vai.... Aumentar a carga horaria da forma como está é, realmente, chover no molhado! Correr atrás do rabo! Remar em círculo, etc.
 
AMAURI DA SILVA em 03/05/2011 04:23:30
Concordo com Leize Demétrio da Silva e acrescento: Precisamos muito, de bons exemplos de pessoas que progrediram e se tornaram úteis à humanidade através dos estudos, o que não é o caso da maioria dos políticos, jogadores de futebol, etc. etc.
Não está faltando nem tempo, nem qualidade na Educação, falta vontade por parte dos alunos de estudarem, pois num país onde predomina a cultura do " levar vantagem em tudo", todo sacrifício dos professores é em vão.
 
ester medina barrozo em 03/05/2011 04:10:45
Se falando de educação neste pais , especificamente em Ms, não se pode falar apenas na questão de carga horaria.Pois que adianta aumentar a carga horaria e nao houver melhorana qualidade da educação, francamente ha professores que só enchem linguiça na sala de aula.Acho assim , o aumento da carga horaria vai ser util sim, porem se nao houver melhora na qualidade de ensino, pouco irá adiantar!!
 
Reinaldo Costa em 03/05/2011 04:00:36
Mais uma vez estão tirando a responsabilidade e o convívio que precisa ter com os pais , família e atribuindo as escolas, na educação dos filhos. Realmente concordo com a colega , não precisamos de mais tempo de estudo, mas de qualidade de ensino.
 
Clarinda Maria em 03/05/2011 03:50:47
Não precisamos de mais tempo de estudo, mas de qualidade no tempo que temos.
 
Leize Demétrio da Silva em 03/05/2011 03:09:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions