A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

26/01/2014 15:37

Shopping retira bancos, farmácia fecha e PM espera "rolezinho"

Graziela Rezende e Kleber Clajus
Movimentação segue tranquila no shopping. Foto: Kleber ClajusMovimentação segue tranquila no shopping. Foto: Kleber Clajus
Na porta da farmácia, anúncio de fechamento.Na porta da farmácia, anúncio de fechamento.

Dezenas de policiais militares já estão posicionados, tanto na área interna quanto na externa do Shopping Campo Grande, por conta do movimento ‘rolezinho’, marcado para acontecer na tarde deste domingo (26). Além dos PMs, seguranças do local também estão de prontidão para conter possível tumulto.

Dentro do estabelecimento comercial, os bancos disponíveis para os clientes foram retirados e o estacionamento recebeu um veículo Van da Polícia, onde foi montada estrutura para o comando da operação policial. Ao redor da avenida, desde o cruzamento com a rua Alagoas, militares também estão realizando o patrulhamento.

O hipermercado Carrefour, que possui uma filial no shopping, também recolheu os carrinhos de compras do pátio e a farmácia, que sempre está aberta aos domingos, fechou, deixando um aviso aos clientes: "Fechada por tempo indeterminado aos domingos (a partir de hoje)".

Como nos outros finais de semana, o movimento é normal, com dezenas de famílias e amigos circulando tranquilamente pelo local.

Ao Campo Grande News, o comandante do CPM (Comando de Policiamento Metropolitano), coronel Evaldo Mazuy, ressaltou que mais de 100 homens atuam hoje em terminais de ônibus, coletivos e dentro do shopping. "O maior efetivo está dentro do shopping, onde está marcada a manifestação. Não estamos aqui para atrapalhar algo que deve ser pacífico, no entanto, existem sempre os infiltrados que causam danos e prejuízos", justifica. 

Segundo o comandante, a ideia do 'rolezinho' sempre aconteceu, porém em Campo Grande sem violência. "É uma cultura diferente que temos das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Mas, de qualquer maneira, a PM está preparada para qualquer eventualidade", ressalta o comandante.

Nas redes sociais – Organizadores marcaram a manifestação para às 16h20 de hoje. O movimento começou em São Paulo e os participantes daqui argumentam que a manifestação pretende protestar contra a "privatização dos espaços públicos", além da criminalização da pobreza e fazer compras.

 



Achei excelente oque o Shopping e a PM fizeram ... Aquelas 17 pessoas estavam sim fazendo tumulto no estabelecimento, só tenho a elogiar a ADM do Shopping e a PM pelo ótimo serviço prestado .!
 
maikon well em 28/01/2014 23:05:37
Vamos ensinar uma coisa para os esquerdistas:

Shopping é PROPRIEDADE PRIVADA.

Não é um local público para qualquer um ir e fazer o que quiser, diferente das rodoviárias nossas que vivem sendo pichadas e destruídas pelos nossos queridos rolezeiros.

Você vai ao shopping se quiser, ninguém está obrigando você a ir.

Antonio Gramsci já dizia que a revolução e a luta de classes era algo necessário e o caos estabeleceria uma nova ordem(nova ditadura), pelo visto a cria do PT está fazendo isso muito bem.

Enquanto as pessoas não aprenderem o que é respeito a propriedade privada, vai continuar essa m... que está.

Ainda bem que eu já me conformei que não devemos mudar o Brasil e sim fugir daqui.

 
Christina Etxeberria em 27/01/2014 13:16:18
Em torno de 100 policiais mobilizados para "atender" o shopping. Esses policiais deveriam estar em outras partes da cidade, onde se fazem mais necessários. Notícia de violência pela periferia da cidade não falta, mas para isso, parece que magistrado e promotor nenhum liga..
 
Helder Silva em 27/01/2014 08:05:52
RECADO A TODOS OS LEITORES. Acho que por ser uma pessoa de estatura pequena, já fui assaltado 2 vezes ao caminhar em Campo Grande há 3 e há 9 anos atrás e por menores armados. Neste sentido, quero só chamar atenção ao fato de que é justamente esse perfil de menor inconsequente, que não conhece mais sinalizações de limites, que vem assaltando e até matando ao longo destes anos várias pessoas da idade deles ou pessoas que até deixaram família desemparada. Um exemplo recente foi o caso do comerciante que reagiu ao assalto no início deste mês e foi assassinado por menor. Direitos humanos são importantes, assim como os limites e os bons valores, em memória dos que se foram e dos que estão vivos. Ética, respeito e vida.
 
Fernando Giardino em 27/01/2014 00:57:15
Muito acertada a atitude do Shopping e da PM. Com certeza não haverá bagunça. Parabéns ao Shopping e à PM.
 
josé rodrigues em 26/01/2014 18:28:47
Só comédia, ô lugarrrr kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
Charles Luciano em 26/01/2014 18:11:19
Um absurdo a população honesta, que trabalha, paga impostos, ser prejudicada por causa de um bando de rebeldes sem causa, revoltados com o dito "sistema", mas que são incapazes de trabalhar, são incapazes de usar a internet para estudar, fazer cursos, e correr atrás de um futuro melhor, usam a internet apenas para ficarem de bobeira em rede social, escreverem um péssimo português, e aprenderem as péssimas letras de funk. Não tem nada de movimento social, protesto pacífico, como os pseudo intelectuais escrevem. Não passam de marginais, e como tal devem ser tratados.
 
rafael santos em 26/01/2014 17:03:45
Porque essa galera não seu reúne e faz esse tal de "rolezinho" para doar sangue? Acho que seria um bom exemplo para os desocupados e marmanjos.
 
Mario Sérgio de Oliveira em 26/01/2014 16:01:50
Só um jumento poderia criar protestos tão 'originais' quanto esses.
 
Ivan Ilitich em 26/01/2014 16:00:35
O Coronel Davi é o cara. Não sou da polícia, mas pela primeira vez vejo uma ação em Campo Grande com planejamento nos moldes das que ocorrem na Europa. É isso ai.
 
Fernando Giardino em 26/01/2014 15:58:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions