A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

23/05/2018 21:10

Suspeito é preso e confessa ter matado homem por conta de dívida de R$ 300,00

Adriano Fernandes e Geisy Garnes
No dia do crime, Braz ainda teria dito aos investigadores que um outro suspeito teria posado com a vítima em um dos barracos.(Foto: Derf/Divulgação) No dia do crime, Braz ainda teria dito aos investigadores que um outro suspeito teria posado com a vítima em um dos barracos.(Foto: Derf/Divulgação)

Preso por agentes da DERF (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) no bairro Nova Lima, nesta terça-feira (22) Braz Avalo, de 44 anos, confessou ter matado Francisco Nascimento Leite, de 52 anos, à pauladas.

O crime ocorreu ainda em 13 de abril deste ano, no Assentamento Monte das Oliveiras em Campo Grande. Em depoimento, o suspeito não só confessou o crime como também admitiu ter matado o homem por conta de uma dívida de R$ 300,00.

À época do assassinato, Francisco foi encontrado em frente ao seu barraco no assentamento com sinais da agressão. Do local, havia desaparecido uma bicicleta adquirida dias antes pela vítima e seus documentos pessoais.

No dia do crime, Braz ainda teria dito aos investigadores que um outro suspeito teria posado com a vítima em um dos barracos. Conduto, as investigações apontaram que Braz é quem teria cometido o assassinato.

O caso foi encaminhado à DERF pela suspeita de latrocínio (roubo, seguido de morte) em razão do sumiço da bicicleta, explica o delegado Reginaldo Salomão, da Derf. Braz ainda tentou fugir da polícia, mas foi localizado no Bairro Nova Lima enquanto ia ao trabalho da esposa. Ele tinha uma passagem pela polícia por violência doméstica e agora vai responder por homicídio, já que a bicicleta não foi encontrada. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions