A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/11/2014 08:56

Taxistas cortam qualquer tipo de cartão e dificultam a vida do usuários

Alan Diógenes
Taxistas preferem pagamento em dinheiro para ter descontos usando máquina de cartão. (Foto: Alcides Neto)Taxistas preferem pagamento em dinheiro para ter descontos usando máquina de cartão. (Foto: Alcides Neto)

Alguns taxistas que prestam serviço em Campo Grande estão optando por não utilizar a máquina de cartão. O fato não agradou os usuários que não carregam dinheiro vivo e preferem usar o cartão por questões de segurança.

A técnica de logística Ana Belquior, 23 anos, é contrária a decisão e acredita que os taxistas deveriam utilizar o serviço por que traz facilidade na hora do pagamento. “Desta forma os usuários ficam prejudicados por que hoje em dia a maioria das pessoas só compram e pagam no cartão de débito ou crédito”, comentou.

Já a auxiliar de cabeleireiro Natiele Miranda Morais, 22 anos, prefere utilizar o cartão para o pagamento por segurança. “Andar com dinheiro é mais perigoso, você pode ser assaltada ou roubada. Com o cartão o dinheiro está ali e precisa de senha para liberar, então dificulta a ação dos bandidos”, destacou.

O taxista Gerson Silva, 52 anos, falou que ainda não trabalha com a máquina de cartão por que a empresa ainda não colocou. “A empresa de táxi que eu trabalho ainda não disponibilizou. Não vejo muita diferença em receber em dinheiro ou no cartão, por que os usuários sempre têm as duas foram disponíveis para fazer o pagamento”, explicou.

Ana disse que maioria das pessoas usam cartão na hora de pagar corrida. (Foto: Alcides Neto)Ana disse que maioria das pessoas usam cartão na hora de pagar corrida. (Foto: Alcides Neto)

Segundo o taxista Jorge Alvez Roberto, 70 anos, alguns usuários abusam da facilidade da máquina de cartão e acabam agindo de má-fé. “As vezes a pessoa pega o táxi, a gente leva até o destino final, quando vamos passar o cartão dá erro operação por que a pessoa não tem dinheiro ou está com o cartão cancelado. Desta forma, é a gente que fica no prejuízo”, argumentou.

Em alguns casos, a empresa de táxi desconta do salário do taxista o valor gasto com as operações realizadas com a máquina de cartão.

É o que conta o taxista José Paulo, 63 anos. “A empresa desconta 10% por que passou o cartão, então não compensa. A maioria dos taxistas recusam usar a máquina de cartão”, finalizou.

O Campo Grande News entrou contato com o Sintaxi (Sindicato dos Taxistas de Mato Grosso do Sul) para obter mais esclarecimentos sobre o fato, mas não conseguimos contato na noite da quinta-feira (6).



O que as pessoas tem que entender é que o cartão não é uma ferramenta grátis para o taxista, além do aluguel mensal da maquininha eles ainda pagam de 1,5 a 3% por operação para o cartão, ou seja, sai muito mais caro para o taxista receber com cartão. Sei que a maquina se torna um diferencial, mas ao mesmo tempo, se os taxistas param de receber pela maquina, eles forçam a empresa da maquininha a baixar o valor do aluguel ou a porcentagem por operação.
 
Max em 10/11/2014 08:16:15
expresso a minha indignação como desabafo,no sábado liguei para solicitar a uma empresa de táxi pelo sue serviço a atendente me dese em 10 minutos estará ai,passaram se 40 minuto retornei a ligação,a mesma dese que já estaria a caminha,nisso se passaram 1:23 uma hora e vinte e três minutos,quando passa um táxi e parou,eu perguntei moço,a atendente que mando vc ele não,ele me pergunta o senhor já solicitou ,eu dese sim faz 1:23 esperando...se sua vida ou de alguém depender de um táxi aqui em campo grande vc morre.ha empresa e coopertaxi
 
flavio em 10/11/2014 07:35:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions