A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

13/02/2019 14:12

TJ manda universidade indenizar aluna que ficou deficiente em aula prática

Aluna com sobrepeso caiu de joelhos em cima do braço da vítima esmagando seus nervos

Guilherme Henri
Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul no Parque dos Poderes na Capital (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul no Parque dos Poderes na Capital (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Depois de quase 12 anos, a Uniderp foi condenada na manhã desta quarta-feira (13) a indenizar ex-aluna do curso de enfermagem que ficou deficiente depois de ter um dos braços esmagados durante uma aula prática. Além disso, a universidade também deverá pagar pensão vitalícia a mulher.

O advogado da ex-aluna Cláudio Guimarães, explicou que a indenização pedida foi a de R$ 30 mil por danos morais e R$ 30 mil por danos estéticos. No entanto, os valores deverão ser corrigidos para a atualidade.

Já com relação a pensão vitalícia o valor pedido foi o do salário para enfermeiro da época, levando em consideração que a ex-acadêmica do curso ficou com a atividade laboral comprometida devido ao acidente. O valor corrigido ainda não foi publicado.

Acidente – Em 2007, a então aluna do curso de enfermagem participava de uma aula de simulação de primeiros socorros, organizada e coordenada pela faculdade, quando outra aluna com sobrepeso, inexplicavelmente caiu de joelhos sobre seu braço, esmagando seus nervos.

Na ocasião, a aluna se ofereceu para fazer papel de vítima na simulação, permanecendo deitada no chão de olhos fechados.

A perícia judicial constatou que a aluna teve sua mão e antebraço incapacitado para o resto da vida, pela gravidade das lesões. A mesma versão foi sustentada pela universidade durante sua manifestação no processo.

O Juiz de 1º grau havia entendido que o ocorrido tinha sido uma fatalidade e que a Univerp não poderia ser responsabilizada.

Porém, o advogado Cláudio Guimarães, sustentou que houve má execução do serviço prestado, em que a faculdade não tomou as devidas cautelas para evitar o ocorrido, pois se tratava de um evento por ela organizado, com a participação de vários alunos ao mesmo tempo na mesma sala.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions