A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

12/03/2012 15:57

Trad diz que tem dinheiro para desapropriar prédio e só aguarda o TJ

Wendell Reis

Desapropriação do antigo prédio da rodoviária deve custar entre R$ 8 e R$ 10 milhões

Prefeitura de Campo Grande tem 1/3 dos 22 mil metros quadrados do prédio da antiga rodoviária(Foto: João Garrigó)Prefeitura de Campo Grande tem 1/3 dos 22 mil metros quadrados do prédio da antiga rodoviária(Foto: João Garrigó)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), garantiu na manhã desta segunda-feira (12) ao Campo Grande News que a Prefeitura de Campo Grande já tem dinheiro para fazer a desapropriação do prédio onde funcionava a antiga rodoviária de Campo Grande. Porém, aguarda resposta do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) para levar o processo adiante.

“Não recebemos nada oficialmente. Estamos esperando um comunicado do Tribunal de Justiça para efetivamente fazer a desapropriação. Dinheiro eu tenho. Já foi feito o cálculo. Precisa saber se a partir do momento que fizer a desapropriação eles vão entrar. Não posso gastar uma fortuna e não ter fundamento”, explicou.

O secretário municipal de Planejamento, Controle e Finanças da Prefeitura de Campo Grande, Paulo Nahas, informou que está terminando os estudos para avaliar o prédio, mas revelou que o custo para desapropriação deve ficar entre R$ 8 e R$ 10 milhões.

Na sexta-feira (9) o presidente do TJ/MS, Luis Carlos Santini, informou que está procurando um terreno para construir um prédio próprio e abrigar os juizados especiais em Campo Grande. Santini alegou que o motivo para desistir do prédio da rodoviária era a demora na entrega do prédio.

Segundo o presidente do TJ/MS, há um projeto pronto de reforma para o prédio da antiga rodoviária, que chegaria a R$ 32 milhões. “O prédio da rodoviária seria muito bom, porque iríamos encontrar estrutura feita e boa, e teria aspecto social, de revitalizar uma região”, declarou.

A Prefeitura de Campo Grande tem 1/3 dos 22 mil metros quadrados do prédio da antiga rodoviária. Caso não reforme o prédio da antiga rodoviária, a construção de um novo prédio para os juizados especiais pode levar até quatro anos, segundo Santini.



Ao invés de gastar essa dinherama toda nesse prédio antigo, o Senhor Prefeito deveria se preocupar com seus SERVIDORES PÚBLICOS e dar aumento digno para que os mesmos fiquem contentes e que nós cidadãos possamos ser melhor atendidos. É uma reclamação generalizada.
 
Andreia Souza em 13/03/2012 12:20:54
O melhor seria reformar e transferir a Câmara de Vereadores para o local. Façam algo nobre e economicamente viável.
 
valter antunes em 13/03/2012 09:13:48
Ótima idéia a do senhor Carlos Eduardo, mas seria interessante para todos...........
 
armando nogueira em 13/03/2012 08:42:44
Olha só, idéias excelentes para aplicação desse dinheiro para fins mais nobres de prédios em franca deteriorização, estamos lendo pelos comentários feitos pelos colegas leitores. Agora é com o TJ/MS e com a câmara de vereadores de CG para tomarem as suas decisões. E rápido, esse negócio de ficar no dircurso não devem ser mais prática dos chamados homens públicos.
 
Flávio Marcio em 13/03/2012 07:53:38
Concordo com o Sr. Carlos Eduardo Steves. Coloca os vereadores lá!!!
 
Leonardo da Costa SIlva em 12/03/2012 10:08:24
nao entendo essa prefeitura?

vai gastar horrores para transformar a antiga nova rodoviaria num centro cultural, sendo que a antiga rodoviária tem até sala de projeção. porque nao transforma a antiga rodoviária num centro cultural? aí sim seria um serviço social a ppl de CG
 
Rodrigo Ostemberg em 12/03/2012 09:45:22
Tem também um PRÈDIO na rua Barão do rio Branco,com José Antonio,próx.ao comper.A prefeitura tem que desapropriar mesmo para um bem maior que é o povo só não pode comprar por 10 e gastar vinte para reforma né senhores administradores.A escola joão figueredo Duque de Caxias com a Pref. Ludio coelho que esta sendo destruida pode virar sede integrada das polícias,e B. Militar da região oeste.
 
luiz carlos em 12/03/2012 08:06:17
Já que o TJ fica de doce pra dizer se vai ou não pegar o prédio e eles quere construir um novo, desapropria o prédio da rodoviária e passa para o Legistativo municipal que está em um prédio, com aluguel caro, apertado e com estacionamento e acesso ruim. A estrutura do predio seria excelente, como já dito aqui com 1 auditório (cine plaza)e uma plenário(cine center)além das lojas para gabinetes.
 
Carlos Eduardo Steves em 12/03/2012 06:55:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions