ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Traficantes escondiam cocaína em carga de "colchões" de isopor no Jd. Monumento

Um homem foi preso em flagrante no depósito onde os colchões eram "fabricados"

Ana Paula Chuva e Gabrielle Tavares | 01/10/2022 09:33


Equipe do Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) apreendeu na noite desta sexta-feira (30), grande quantidade de cocaína escondida em colchões falsos, em caminhão que saiu de uma casa no Jardim Monumento, em Campo Grande. A ação contou com apoio da PRF (Polícia Rodoviária Federal). Foram apreendidos cerca de 30 colchões com droga.

Com objetivo de coibir os crimes de tráfico de drogas, armas e contrabando, os policiais passavam pela região quando decidiram abordar o caminhão baú Mercedez Benz que trafegava pela região. A fiscalização faz parte da Operação Hórus, que tem caráter permanente.

Aos policiais, o motorista, que não teve a identidade divulgada, contou que havia carregado o veículo há pouco tempo, com colchões, em uma casa na Rua Filomena Segundo Nascimento, no Jardim Monumento. Ele relatou ainda que era a terceira vez que transportava os colchões e que havia sido contratado por aplicativo de frete.

Na residência estavam um rapaz, que se identificou como responsável pelo local, e o sobrinho de 14 anos.

Aos policiais, o rapaz contou que era responsável por abrir e fechar a casa e o adolescente apenas o auxiliava. Ele afirmou ainda que a empresa não abria todos os dias e era apenas usada como depósito e carregamento dos colchões, que acontecia eventualmente.

Tabletes de cocaína eram escondidos dentro de colchões de isopor. (Foto: Divulgação | Dracco)
Tabletes de cocaína eram escondidos dentro de colchões de isopor. (Foto: Divulgação | Dracco)

O rapaz declarou ser o único em Campo Grande com a chave da casa e que o patrão entrava em contato por telefone quando precisava abrir para carregamento. Os policiais fizeram a vistoria no imóvel e encontraram diversas placas de isopor com formato de colchão, além de espumas, tecidos e máquina de costura.

A equipe então examinou de forma minuciosa a carga e percebeu que não tinham padrão de qualidade como constava na nota fiscal, já que tinham costura, textura e espessura irregulares. Os policiais então decidiram olhar dentro dos colchões, momento em que encontraram os tabletes de cocaína.

O rapaz, responsável pelo local, alegou que o adolescente não sabia da droga e que apenas ajuda no carregamento e levou os policiais até a casa onde mora,  na Vila Bandeirantes. Na residência foi encontrado um revólver calibre 38 com cinco munições intactas e dois carregadores de pistola não identificados. Tudo foi apreendido e levado para a perícia.

Colchões já carregados no caminhão para serem transportados. (Foto: Divulgação | Dracco)
Colchões já carregados no caminhão para serem transportados. (Foto: Divulgação | Dracco)

O motorista do caminhão afirmou que não tinha conhecimento do entorpecente escondido, pois já pegava a carga embalada e com nota fiscal. O caminhão com a carga foi apreendido e levado para a sede do Dracco para ser feita a vistoria minuciosa. A droga ainda será pesada. Ele foi ouvido e liberado.

Conforme a polícia, os responsáveis responderão por tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores e posse irregular de arma de fogo, acessórios e munições, de uso permitido. O adolescente foi liberado.

Arma, munições e carregadores apreendidos em casa na Vila Bandeirantes. (Foto: Divulgação | Dracco)
Arma, munições e carregadores apreendidos em casa na Vila Bandeirantes. (Foto: Divulgação | Dracco)


Nos siga no Google Notícias