A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

07/05/2015 18:56

Traficantes usavam bicicletaria como "fachada" para venda de drogas

Alan Diógenes
Bicicletaria na Ernesto Geisel era apenas disfarce para o tráfico. (Foto: Divulgação)Bicicletaria na Ernesto Geisel era apenas disfarce para o tráfico. (Foto: Divulgação)
Um havia comprado a droga e o outro venderia as porções. (Foto: Divulgação)Um havia comprado a droga e o outro venderia as porções. (Foto: Divulgação)

Policiais civil do SIG (Serviço de Investigações Gerais) fecharam nesta semana uma bicicletaria, que também funcionava como “boca de fumo”, na Avenida Ernesto Geisel, entre as Ruas Dom Aquino e Marechal Deodoro, no Centro de Campo Grande. O proprietário do estabelecimento e um cliente foram detidos.

A equipe chegou até ao local, após receber informações do DIP (Departamento de Inteligência), que estava monitoramento o ponto de venda de entorpecentes. No dia da abordagem, os policiais chegaram primeiro em Rodrigo de Moraes de Proença, 22 anos, com cerca quantidade de drogas. Ele confessou que havia comprado a droga na bicicletaria.

A equipe entrou no estabelecimento e durante vistoria minuciosa encontrou 7 gramas de cocaína, além de R$ 800 provenientes da venda de drogas. Em seguida, chegou ao local, o proprietário da bicicletaria, Nilson Jacinto Correia Júnior, 35.

Nilson recebeu voz de prisão e disse que comprou a droga em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande, e que passou a porção de pasta base para Rodrigo confeccionar 30 papelotes da droga. Na venda, Rodrigo receberia R$ 50 por cada papelote.

Ambos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e conduzidos à delegacia de polícia, onde permanecem a disposição da Justiça.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions