ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Tribunal determina fim da greve e Correios devem retornar amanhã

A multa, caso o sindicato descumpra a recomendação será de R$ 100 mil por dia

Por Ângela Kempfer | 21/09/2020 16:31
Agência de distribuição dos Correios no dia em que greve começou, em 17 de agosto.
Agência de distribuição dos Correios no dia em que greve começou, em 17 de agosto.

Em decisão desta tarde, o Tribunal Superior do Trabalho determinou o fim da greve dos servidores dos Correios, que estão parados há um mês. A multa, caso o sindicato descumpra a recomendação será de R$ 100 mil por dia.

O julgamento de dissidio coletivo, realizado nesta segunda-feira (21), o TST preservou a cláusula que prevê a correção monetária de 2,6% sobre os salários dos funcionários da empresa, o que era negado pelo governo federal.

Também foi descartado pelo Tribunal "abusividade no movimento grevista", derrubando tese da União, mas haverá desconto salarial referente a metade dos dias não trabalhados.

A paralisação começou em 17 de agosto. Em Mato Grosso do Sul, o movimento atingiu os serviços em 34 municípios, com cerca de 70% dos trabalhadores parados.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário