A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

31/08/2017 13:02

Turistas movimentaram R$ 44 milhões na Capital em um mês, diz secretaria

São pessoas que passaram pela cidade rumo a outros destinos ou para eventos e negócios na Capital

Mayara Bueno
Parque das Nações Indígenas, cartão postal de Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo).Parque das Nações Indígenas, cartão postal de Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo).

Pessoas que passaram por Campo Grande no mês de julho deixaram na cidade pelo menos R$ 44 milhões, afirmou a secretária da Sectur (Secretaria Municipal de Turismo), Nilde Brum. Nesta quinta-feira, dia 31.

Este é o balanço do quanto foi movimentado na economia. A titular afirma que são pessoas que passaram pela Capital para alguma evento, justamente o foco da secretaria no Plano Municipal de Turismo, lançado nesta quinta-feira, dia 31.

O tempo de permanência na cidade também foi um pouco maior, em julho, se comparado com os dois meses anteriores. Conforme balanço da secretaria, subiu de 4 para cinco dias. 

Das pessoas que passam pela Capital, 37% tinham como destino final Bonito, 17,10% Corumbá, 4,4% Goiás (GO), Ponta Porã 3,60% e São Paulo 3,30%.

Pelo perfil da cidade, a vocação é para o turismo de eventos e negócios. No documento, foram elencados os segmentos cultural, gastronômico, rural e cultural, como fontes para atrair turista para a cidade. "Estamos estabelecendo metas e ações nestas áreas. Precisamos de um norte para desenvolvê-las".

Voo - Uma das novidades anunciadas pela secretária durante o evento foi o voo que a empresa Amaszonas fará, a partir de outubro, de Campo Grande à Assunção, capital do Paraguai.

A ideia é identificar quais eventos estão ocorrendo na cidade paraguaia para atrair para ações na Capital. A empresa ainda não foi informou à secretaria qual será a periodicidade da viagem. O voo inaugural será em 11 de outubro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions