A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/08/2016 17:23

Um dos mortos no Nova Lima tinha identidade falsa e devia estar preso

Guilherme Henri
Magno Gauber Guimarães, 32, foi morto a tiros ainda no bando do motorista (Foto: Fernando Antunes)Magno Gauber Guimarães, 32, foi morto a tiros ainda no bando do motorista (Foto: Fernando Antunes)

Um dos homens executados no duplo homicídio na manhã desta sexta-feira (12), no Nova Lima, em Campo Grande, estava com documentos falsos. Cristóvão Alves de Almeida, 35, na verdade é Magno Gauber Guimarães, 32, e possui passagens por homicídio, tráfico de drogas e ainda tinha um mandado de prisão em aberto.

As informações são do delegado que investiga o caso, Weber Luciano de Medeiros, titular da 2ª Delegacia de Polícia. Segundo ele, a identidade verdadeira do suspeito foi descoberta quando a ocorrência desta sexta foi registrada.

Magno estava no veículo Fiat Uno e foi morto ainda no banco do motorista. Já o passageiro, Ailton Marcio de Oliveira Ferreira, 32, tentou correr para dentro da construção, mas foi perseguido por um dos atiradores e morto.

De acordo com o delegado Weber, o crime é tratado como execução, mas ainda não há suspeitos e a polícia também não sabe o que teria motivado os assassinatos.

O crime – Segundo testemunhas já ouvidas pela polícia, o Fiat Uno estava sendo perseguido por uma dupla de motocicleta, por volta das 11h. O carro parou na frente de uma obra na rua Randolfo de Lima, a moto emparelhou e começou a troca de tiros que terminou na morte dos dois homens.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions