A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

19/09/2019 15:03

Ventos de 59 km/h causam rompimento de cabos e área rural fica sem luz

Frente fria que provocou chuva no Sul do Estado é a responsável pelo vendaval

Marta Ferreira
Mapa gerado por satélite mostra atuação de frente fria, a massa branca, sobre o País. (Fonte: Cemtec)Mapa gerado por satélite mostra atuação de frente fria, a massa branca, sobre o País. (Fonte: Cemtec)

Ventos de quase 60 quilômetros por hora deixaram a área rural de Campo Grande sem energia nesta tarde, na saída para Sidrolândia, nas propriedades à margem da BR-060. É que a ventania provocou rompimento de cabos de alta tensão e até incêndio próximo da fiação. Foi preciso a intervenção tanto do Corpo de Bombeiros quanto de equipes da Energisa, concessionária responsável pelo abastecimento na maior parte de Mato Grosso do Sul.

Em nota, a empresa informou que está com a equipe no trecho para restabelecer os serviços aos clientes rurais. Não foi informada a extensão do problema.

Frente fria – Na escala que mede a força dos ventos, chamada Beaufort, o vendaval registrado em Campo Grande tem grau 7, considerado forte. O grau máximo é 12. A velocidade máxima atingida na cidade foi de 59,70 km/h.

A responsável, segundo a coordenadora do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima,  Franciane Gonçalves, é a mesma frente que provocou chuvas nesta quinta-feira (19), em Dourados, Itaquiraí e Navirái, na região sul do Estado.

Franciane alerta que todo o Estado está em alerta, pelo Inmet (Instituto Nacional de Meterologia), em razão dos efeitos da passagem dessa frente fria, estacionada sobre o sul do País. O aviso vai até hoje até as 18h e, possivelmente, será renovado para amanhã.

Se você está se perguntando se o vento pode trazer a tão esperada chuva, para por fim a estiagem, a resposta da meteorologista é não. De acordo com ela, os dias por enquanto continuam nebulosos, agora com vento, de velocidade média acima dos 50 km. O calor forte continua. Os termômetros marcam 36 graus, com sensação de 39. 

A última chuva registrada em Campo Grande, de 05 milímetros, foi no dia primeiro de setembro.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions