A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

04/06/2010 12:32

Caravana Mais Alimentos supera meta de negociações em MS

Redação

A Caravana Mais Alimentos, projeto do Governo Federal de incentivo à agricultura familiar por meio de crédito para financiar a atividade, chegou hoje a Campo Grande e o volume de negócios já superou a expectativa inicial em Mato Grosso do Sul.

A caravana veio já passou pelo Vale do Ivinhema e por Dourados, acumulando mais de R$ 9 milhões em negócios. Na capital, só hoje cedo a movimentação foi de R$ 1 milhão, em comercialização de máquinas, equipamentos e implementos agrícolas.

O coordenador nacional da Caravana Mais Alimentos, Hercílio Matos, explica que o projeto beneficia não apenas os agricultores atendidos pelo projeto, que na prática é uma linha de crédito para incentivo à agricultura familiar.

Ele lembra que no setor industrial de máquinas e implementos, esta linha de crédito, criada em 2008, foi responsável por 60% dos empregos gerados em 2009. "Não estamos somente modernizando a produção de alimentos do País, estamos produzindo mais, cerca de 7,8 milhões de toneladas apenas no ano safra 2008/2009", comemorou.

"Este é um programa social, que melhora as condições de trabalho do produtor, fixa o homem no campo e possui uma visão de cadeia, indo desde a produção até sua distribuição", conclui, lembrando da inclusão de veículos utilitários.

Na mesa de todos - A secretaria esenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo, Tereza Cristina Corrêa da Costa, destacou nesta manhã durante a abertura das reuniões da Caravana em Campo Grande que a agricultura familiar é responsável por 70% dos alimentos consumidos pelas famílias do Estado.

Apesar disso, afirmou, as linhas de crédito até pouco tempo eram focadas apenas nos grandes agricultores ou, em menor escala, nos assentados pelo programa de reforma agrária.

De acordo com ela, a meta para a safra 2010-2011, que começa em julho e vai até agosto do ano que vem, é que os financiamentos do Mais Alimentos assegurem investimentos de R$ 100 milhões no campo em Mato Grosso do Sul

A taxa de juros oferecida é de 2,5% ao mês, com prazo de 10 anos para pagar e 3 anos de carência.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions