A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

26/08/2013 11:21

Carro capota atingido por motorista que "furou" sinal; 4 ficam feridos

Graziela Rezende
Grávida conduzia carro que capotou na avenida. Foto: Simão NogueiraGrávida conduzia carro que capotou na avenida. Foto: Simão Nogueira
Três veículos se envolveram em acidente. Foto: Simão NogueiraTrês veículos se envolveram em acidente. Foto: Simão Nogueira

Ao “furar” o sinal vermelho em um cruzamento do bairro Monte Castelo, na manhã desta segunda-feira (26), um homem de 45 anos causou um acidente envolvendo mais dois veículos, sendo que um deles capotou e quatro pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança de três anos e a condutora que está grávida.

Segundo a polícia de trânsito, Milton Gonçalves de Oliveira, 45 anos, dirigia um veículo Fiesta preto, placa HTQ 8492. Ele seguia pela avenida Castelo Branco, sentido bairro, quando não respeitou a sinalização e atravessou a avenida Mascarenhas de Moraes.

Na via, seguia um Uno way, placa HTQ 1902, dirigido por Ane Caroline da Costa Silva, 30 anos, acompanhada do pai, mãe e o filho de três anos. O carro foi atingido na lateral e capotou, parando a 30 metros da colisão. Atrás do Uno, estava o condutor de um Fiesta prata, placa HTI 3575, Joilson da Costa, 48 anos.

“Eu estava atrás do Uno, vi quando o carro capotou e o meu foi atingido logo atrás. Minha família não se machucou e então descemos para ajudar as vítimas, já que o carro ficou com as rodas viradas para cima. Antes da chegada dos bombeiros, desviramos o carro e retiramos as pessoas”, comenta Joilson. Ele estava com a mulher e dois filhos, mas ninguém ficou ferido.

Com a chegada dos bombeiros, Ane, os pais e o filho de três anos foram encaminhados para a Santa Casa. A condutora, que está grávida de três meses, estava muito nervosa, mas nenhum deles em estado grave. A criança estava na cadeirinha e ficou apenas com um machucado na testa. Eles vinham de Rondonópolis (MT), conforme o marido de Ane, que foi ao local do acidente.

A Polícia foi ao local e embora o motorista tenha negado que passou no sinal vermelho, 13 testemunhas disseram o contrário. Alguns inclusive pararam o carro para falar com a polícia sobre o que presenciaram.

Como estava com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vencida e sem os documentos de porte obrigatório, Milton será autuado e o veículo encaminhado ao Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito).

ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


Além de mal condutor e quase ter provocado mortes, este sujeito é um covarde, pois não é homem para assumir seu erro e não admite ter furado o sinal. Fez capotar um carro com um bebê e uma grávida dentro.. Para mim isso é tentativa de homicídio!
 
Francisco Oliveira em 27/08/2013 07:57:42
Uma coisa boa disso tudo. O pessoal parando o carro para dizer quem estava errado. Os bons condutores estão de mobilizando os barbeiros.
 
André Péricles em 26/08/2013 19:15:17
Está esquina merece urgente radares,moro próximo toda a semana tem acidentes graves,obrigado.
 
Alexandre Lindolfo em 26/08/2013 18:18:12
Esse tipo de acidente é sintoma de um problema maior: a inexistência de fiscalização no trânsito em Campo Grande. Um motorista só sai de casa sem documentos e com CNH vencida quando tem certeza que nunca será incomodado pela fiscalização. Furar o semáforo - uma mania na cidade - também só é comum porque câmeras são raras e a fiscalização com guardas simplesmente não existe!
 
Eloy Marques em 26/08/2013 17:44:41
Antigamente, os irresponsáveis em causar acidentes, transgredir normas e leis, eram jovens que sem o devido senso de juízo usavam os veículos como verdadeiras armas. Hoje podemos ver que os irresponsáveis são senhores com famílias que utilizam seu carro como se estivesse dentro de um supermercado, sem respeito pela sinalização e sem respeito a vida. Podemos ver senhores falando ao celular, furando o sinal, fazendo conversões proibidas, idade hoje não quer dizer que a pessoa é responsável, quer dizer que as pessoas estão cada vez mais distantes de atingir a maturidade e respeitar a vida dos semelhantes.
 
tiago resende em 26/08/2013 17:03:05
Esse é mais um exemplo dos motoristas campo-grandenses, já está comum a pressa constante dos motoristas e a quantidade de barbaridades que assistimos todos os dias é gente ultrapassando em lugar não autorizado e correndo, andando na contra mão, passando em sinais vermelhos, ao entrarem em uma avenida não aguardam a vez entram na frente e quem vier que se vire como puder. É uma vergonha, e além disso se tivermos a audácia de achar ruim somos xingados com se nós fossemos os errados, como aconteceu comigo em um mercado da cidade, estava com meu bebê no colo entra um cidadão na contra mão já que é sinalizado eu olhei condenando a situação pois ele veio pra cima de mim, um Srº aparentando uns 50 me xingou todo, perguntou se eu era da polícia zombando da situação e foi embora.Parabéns conterrâne
 
Edson Gomes em 26/08/2013 16:40:35
Ainda bom que tinha 13 testemunhas, pois como o sinal esta sem camera (olho vivo), sem estas testemunhas o acidente teria dado em nada (e é nisso que os barbeiros apostam; inclusive que tem cruzamento que tem algumas cameras, mas não para todas as vias, onde se vê diariamente pessoas furando sinal, exclusivamente na faixa sem camera...).

Bom, se para pagar hospital e as despesas com indenizações por 2 carros estragados ele vai ter que vender a casa, espero que aprendeu alguma coisa.
 
Marcos da Silva em 26/08/2013 16:11:25
Leitora Clara correto seu cometário e vale acrescentar que o custo com Samu, Santa Casa, ...vão para a conta do povo.
 
Acir Zorzi em 26/08/2013 15:55:15
alguns motoristas de Campo Grande pensam que nos domingos e feriados não precisam respeitar as leis de transito, principalmente semáforos.
 
joao renato em 26/08/2013 14:25:01
não sei o que foi mais absurdo nesse triste episódio. 1) A imprudência do motorista causador do acidente, ou 2) a forma de atendimento às vitimas (não pelos bombeiros, lógico), "desviramos o carro e retiramos as pessoas" ???? PELO AMOR DE DEUS, não se faz isso NUNCA!!! só se fosse com incêndio, e nem assim acho que o Bombeiro autoriza... eu custo a crer que li isso na matéria.. ENQUETE DO DIA: O QUE É MAIS ABSURDO: 1 ou 2 ???
 
cesar augusto em 26/08/2013 14:19:29
Que absurdo! É assustador pensar que como esse cidadão existem muitos outros por ai suscetíveis a provocar as mesmas barbáries. Deus, dai juízo a esses inconsequentes.
 
Hilda Velasques em 26/08/2013 13:33:24
A falta de ação das autoridades do trânsito faz com que as pessoas irregulares fiquem cada vez mais abusadas.
 
André Lima em 26/08/2013 13:22:13
Parece que quanto mais errado o cidadão está (documentos atrasados e vencidos), mais idiotices ele faz no trânsito.... Não tem jeito, fez besteira é acidente na certa. Até quando isso? O que 30 segundos esperando um sinal abrir ia atrasar na vida dele? Agora terá que arcar com as consequências. Ainda bem que não houve vitima fatal...mas poderia ter tido!!! Agora, Sr. Milton, espero que fique sem dirigir pro resto da vida!!!
 
Clara Machado em 26/08/2013 12:55:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions