A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

06/06/2016 13:28

Central de Regulação paralisa encaminhamentos de pacientes do interior

Alberto Dias
Central de Regulação, na Avenida Afonso Pena com a Rua Bahia. (Foto: Alcides Neto)Central de Regulação, na Avenida Afonso Pena com a Rua Bahia. (Foto: Alcides Neto)

Parte dos médicos da Central de Regulação do SUS (Sistema Único de Saúde) paralisaram as atividades nesta segunda-feira (6), em protesto aos sequentes atrasos da Prefeitura no pagamento de plantões.

Sem estes profissionais, ficam prejudicados os pacientes do interior que buscam vagas para consultas, exames, tratamentos e cirurgias na Capital, além de transferência entre hospitais e internações na rede de atendimento do SUS.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa da Prefeitura esclareceu que a paralisação abrange apenas o setor de regulação estadual e que os atrasos são decorrentes do não pagamento de convênio pelo Governo do Estado, "pois tratam-se de servidores cedidos". Conforme o Executivo Municipal, os plantões desses médicos, referentes aos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, foram pagos pelo Estado somente em maio, totalizando R$ 208.700.

Já o Governo do Estado informou ao Campo Grande News, via assessoria, que uma reunião foi realizada na última sexta-feira (3) para tratar o assunto, quando ficou acordada a liberação do recurso e o pagamento pelo Município até quarta-feira (8). A Prefeitura confirma a informação e garante uma folha de pagamento complementar até esta data, além de sindicância para apurar o caso. A reportagem também procurou o sindicato que representa a categoria, porém, as ligações não foram atendidas. 

A Central de Regulação funciona na Avenida Afonso Pena, esquina com a Rua Bahia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions