A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/06/2008 07:12

Comércio de imóveis do PAR ainda não gerou ações em MS

Redação

Candidatos a mutuários em Campo Grande enfrentam, além da redução de oferta de residências em programas habitacionais, a concorrência desleal de quem já possui casa, mas enxerga nesses programas uma forma rápida de garantir lucro.

Mesmo verificando o problema em alguns conjuntos de Campo Grande, conforme a Caixa Econômica Federal, em 7 anos, 6,5 mil unidades do PAR(Programa de Arrendamento Residencial) foram entregues em Mato Grosso do Sul e nenhum contrato foi cancelado pela entrega do imóvel a terceiros.

Esta é uma das principais cláusulas do contrato de arrendamento. Em caso de entrega para terceiros, tanto a pessoa sorteada, como a que comprou o imóvel de forma irregular perdem o direito aos programas de habitação social.

Nos conjuntos habitacionais entregues por meio do PAR são comuns histórias de mutuários contemplados que alugam, vendem ou esperam o momento certo para comercializar as residências, enquanto 80 mil famílias enfrentam o déficit habitacional de Mato Grosso do Sul.

Conforme o banco, os mutuários têm 90 dias para assumir as residências, mas um terço deste período foi suficiente para vizinhos da teleatendente Juliana Teixeira, 22 anos, negociarem as residências recém-entregues.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions