A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

05/10/2010 16:08

Contra Dilma, evangélicos discutem ações em Campo Grande

Redação

Em Campo Grande, a Aliança Evangélica se reúne amanhã para discutir a possível realização de novo ato contrário à proposta de liberação do aborto, defendida pela candidata a presidente Dilma Roussef (PT). No dia 27 de setembro, um grupo de pessoas ligadas a igrejas evangélicas protestou contra a proposta na Praça do Rádio Clube, centro da Capital e agora comemora o segundo turno nestas eleições.

"As igrejas evangélicas sempre serão a favor da vida. Nosso embate não é contrário à candidata Dilma, mas sim ao PNDH (Plano Nacional de Direitos Humanos), que banaliza o aborto, e transfere autonomia sem consciência para a gestante", comenta o pastor Ronaldo Leite Batista, presidente da Aliança Evangélica.

De acordo com o pastor, que atua a 24 anos na evangelização, o PNDH não considera o feto como vida até o oitavo mês de gestação, permitindo o abordo em casos como gravidez indesejada, falta de condições financeiras para criar o filho ou incapacidade declarada de permitir qualidade de vida para a criança.

"Eu sou a prova de que esse argumento de falta de condições é inválido. Minha mãe tinha dois filhos quando ficou grávida de mim e tentou me abortar. Mas, graças a Deus, venci, tive uma boa educação e nunca passei fome.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions